Em Cumbica, alerta em inglês sobre Ebola vai ser gravado

O Ministério da Saúde e a Anvisa são os responsáveis pelo texto, que recomenda ao passageiro procurar atendimento médico e comunicar os países em que esteve nas últimas semanas, caso apresente algum sintoma da doença

por Agência Estado 12/08/2014 09:46

INFORMAÇÕES PESSOAIS:

RECOMENDAR PARA:

INFORMAÇÕES PESSOAIS:

CORREÇÃO:

Preencha todos os campos.
A mensagem de alerta sobre os riscos de Ebola continua sendo divulgada apenas em português no Aeroporto de Cumbica, em Guarulhos. O Ministério da Saúde e a Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa) são os responsáveis pelo texto, que recomenda ao passageiro procurar atendimento médico e comunicar ao profissional de saúde os países em que esteve nas últimas semanas, caso apresente algum sintoma da doença.

No domingo, a GRU Airport, que administra o aeroporto, informou que só havia recebido o texto em português. Ontem, afirmou que a versão em inglês foi solicitada a uma produtora no fim de semana e deve estar disponível nos próximos dias. A Anvisa também foi procurada, por e-mail e telefone, mas não respondeu. Dos cinco países africanos com voo direto para Cumbica, o português é falado só em Angola. Nesta segunda-feira, 11, quatro aviões da África chegaram em Guarulhos. São 23 pousos por semana.

VÍDEOS RECOMENDADOS

MAIS SOBRE SAÚDE PLENA