Expectativa de vida dos homens japoneses supera os 80 anos

Se for comparado com o resto do mundo, o Japão aparece na quarta posição em longevidade masculina, atrás de Hong Kong (80,87 anos), Islândia e Suíça. As mulheres japonesas também aumentaram a expectativa de vida até os 86,61 anos

por AFP - Agence France-Presse 01/08/2014 08:03

INFORMAÇÕES PESSOAIS:

RECOMENDAR PARA:

INFORMAÇÕES PESSOAIS:

CORREÇÃO:

Preencha todos os campos.
AFP PHOTO/Kazuhiro NOGI
Esta longevidade deve-se, sobretudo, a um regime alimentar saudável e a um sistema de saúde eficaz (foto: AFP PHOTO/Kazuhiro NOGI)
A expectativa de vida dos homens japoneses superou no ano passado pela primeira vez os 80 anos, mas ainda é inferior à das mulheres, que são as mais longevas do mundo, segundo dados oficiais. Um menino japonês nascido em 2013 pode esperar viver 80,21 anos, contra os 79,94 de um nascido em 2012, anunciou nesta semana o ministério da Saúde.

Se for comparado com o resto do mundo, o Japão aparece na quarta posição em longevidade masculina, atrás de Hong Kong (80,87 anos), Islândia e Suíça. As mulheres japonesas também aumentaram a expectativa de vida até os 86,61 anos, superando as de Hong Kong (86,57).

Segundo dados da agência de notícias Jiji, sua expectativa de vida estava abaixo dos 60 anos em 1947. Em 1984 superou os 80 anos e em 2002 os 85. Esta longevidade deve-se, sobretudo, a um regime alimentar saudável e a um sistema de saúde eficaz.

Mas nem tudo são vantagens na longevidade. Combinada com a queda da natalidade, ela ameaça provocar uma grave crise demográfica e o colapso do estado de bem-estar, já que há menos pessoas para sustentar o grande número de aposentados. A população do Japão diminuiu em 2013 a 127 milhões de habitantes. As pessoas com mais de 65 anos representam um quarto desta população e espera-se que esta parcela chegue a 40% em 2060, segundo cálculos do governo.

VÍDEOS RECOMENDADOS

MAIS SOBRE SAÚDE PLENA