Centro dermatológico exclusivo para o SUS é inaugurado em Belo Horizonte

Nova unidade do Hospital da Baleia terá capacidade para 150 atendimentos por dia, contemplando patologias dermatológicas como o câncer de pele, psoríase e vitiligo

18/07/2014 10:00

INFORMAÇÕES PESSOAIS:

RECOMENDAR PARA:

INFORMAÇÕES PESSOAIS:

CORREÇÃO:

Preencha todos os campos.
Divulgação
Fachada do Hospital da Baleia: os encaminhamentos para consultas serão realizados via Rede Básica de Saúde (foto: Divulgação)
A partir desta sexta-feira (18), pacientes do Sistema Único de Saúde (SUS) poderão contar com um novo centro de tratamento dermatológico. A unidade vai funcionar na Unidade Maria Ambrosina, um dos prédios que compõem o complexo do Hospital da Baleia, com 12 consultórios, laboratório, duas salas de cirurgia e de tratamento de feridas, sala para laser e terapia fotodinâmica, recepção e biblioteca. O corpo clínico é formado por 15 médicos, além dos técnicos de enfermagem e enfermeiros especializados em patologias dermatológicas, inclusive câncer de pele. A capacidade da unidade é de 150 atendimentos/dia.

O centro é fruto da parceria entre a Fundação Benjamin Guimarães/Hospital da Baleia e o Instituto Superior de Medicina e Dermatologia (ISMD), que investiu também em tecnologia. A unidade oferece tratamento de psoríase e vitiligo com equipamento de PUVA e UVB narrow band, fontes de luz que utilizam a combinação de medicamentos para o tratamento destas doenças. Para o câncer de pele e as lesões pré-malignas, haverá terapia fotodinâmica e com laser. Os encaminhamentos para consultas serão realizados via Rede Básica de Saúde.

VÍDEOS RECOMENDADOS

MAIS SOBRE SAÚDE PLENA