'Não lavem o frango', pedem autoridades sanitárias internacionais

Doença provocada por bactéria que se espalha com a água pode provocar vômitos e diarreia e, em seus casos mais graves, síndrome do intestino irritável, síndrome de Guillain-Barré - uma grave doença do sistema nervoso - e até a morte

por AFP 16/06/2014 11:03

INFORMAÇÕES PESSOAIS:

RECOMENDAR PARA:

INFORMAÇÕES PESSOAIS:

CORREÇÃO:

Preencha todos os campos.
REUTERS/Aref Hretani
Dados mostram que 44% das pessoas sempre lavam o frango antes de cozinhá-lo, uma prática que pode espalhar a bactéria campylobacter em mãos, superfícies, roupas e equipamentos de cozinha (foto: REUTERS/Aref Hretani )
Autoridades sanitárias fizeram um apelo aos cidadãos e cozinheiros da televisão: parem de lavar o frango antes de cozinhá-lo, porque isso só serve para espalhar uma bactéria perigosa. "O alerta é feito porque existem novos dados que mostram que 44% das pessoas sempre lavam o frango antes de cozinhá-lo, uma prática que pode espalhar a bactéria campylobacter em mãos, superfícies, roupas e equipamentos de cozinha" devido aos respingos da água, afirmou nesta segunda-feira em um comunicado a Agência de Normas Alimentares (Food Stanrdards Agency, FSA) britânica.

A campylobacter é a forma mais comum de intoxicação alimentar no Reino Unido, com 280.000 doentes por ano. O frango contaminado está por trás de quatro em cada cinco casos, segundo dados da FSA.

A doença provocada pela bactéria pode provocar vômitos e diarreia e, em seus casos mais graves, síndrome do intestino irritável, síndrome de Guillain-Barré - uma grave doença do sistema nervoso - e inclusive a morte.

A FSA escreveu uma carta às produtoras de televisão que fazem programas gastronômicos para pedir que não mostrem os cozinheiros lavando o frango. Cozinhá-lo - na panela ou no forno - bem é a melhor maneira de acabar com as bactérias.

"Embora as pessoas costumem seguir as recomendações quando manipulam aves, como lavar as mãos depois de tocar frango cru e garantir que esteja bem cozido, nossas análises mostram que lavar o frango cru também é uma prática comum", declarou a diretora executiva da FSA, Catherine Brown.

SXC.HU
Apenas cozinhar bem a carne - na panela ou no forno - seria suficiente para eliminar as bactérias prejudiciais à saúde (foto: SXC.HU)

VÍDEOS RECOMENDADOS

MAIS SOBRE SAÚDE PLENA