Regras de armazenamento e transporte são fundamentais para qualidade da "quentinha"

Frutas in natura ou desidratadas são indicadas para a sobremesa

por Paula Takahashi 15/06/2014 09:31

INFORMAÇÕES PESSOAIS:

RECOMENDAR PARA:

INFORMAÇÕES PESSOAIS:

CORREÇÃO:

Preencha todos os campos.

Gladyston Rodrigues/EM/D.A Press
A engenheira ambiental Renata Brasil leva uma bolsa térmica todos os dias para o trabalho para conservar os alimentos (foto: Gladyston Rodrigues/EM/D.A Press)
Conservação e transporte são itens importantes a serem considerados na hora de tirar o alimento da geladeira e levar para o trabalho ou para a faculdade. Por isso, é importante não levar apenas pela beleza dos recipientes. “Não indico o plástico. Além de ter microporosidades que podem acumular sujeira e causar uma contaminação alimentar, quando aquecido libera no alimento o bisfenol A, uma substância cancerígena”, alerta Ana Cristina Muchon, nutricionista e professora de nutrição da Faculdade de Educação de Bom Despacho (Faceb/Unipac).

O médico nutrólogo Fabiano Robert reconhece que o vidro é o mais aconselhável. “São embalagens mais higiênicas e que facilitam a limpeza”, alerta. Se a única opção para o transporte for o plástico, evite esquentá-lo. “Transfira a comida para o prato e depois aqueça”, aconselha a professora da Faceb/Unipac. Ao dispor os alimentos no recipiente, o ideal é colocar os refogados, cozidos e os legumes numa vasilha e os crus em outra. “Dê preferência a legumes e verduras mais resistentes, que não murcham facilmente, como, por exemplo, couve-flor, brócolis, repolho e acelga”, aconselha Fabiano.

Nayara Menezes/Divulgação
O nutrólogo Fabiano Robert recomenda as marmitas de vidro por serem consideradas mais higiênicas (foto: Nayara Menezes/Divulgação)
E nem pensar em temperar a salada antes de sair de casa. “As folhas murcham. O ideal é levar o tempero separado e colocá-lo na hora”, afirma Ana Cristina Muchon. Uma boa dica para quem quer tirar o maior proveito possível da marmita é levar um limão inteiro para condimentar a refeição. “Quando for comer, a pessoa parte e tempera a salada com ele. A associação entre o limão e vegetais de cor verde escura, como brócolis, couve, acelga e almeirão, por exemplo, e também a própria carne, aumenta a absorção do ferro presente nesses alimentos e melhora seu valor nutricional”, garante a nutricionista. Sem contar a sensação de frescor dada à comida.

Para quem não dispensa um doce depois do almoço – normalmente farto nos restaurante self-service – não precisa de abrir mão da guloseima quando passa a preparar a própria comida. “Nesse caso, podem ser levadas frutas in natura ou mesmo as desidratadas, como maçã. Uma barra de 25 gramas de chocolate meio amargo, ou seja, aquele com mais de 75% de cacau, também está liberada, já que se trata de um alimento funcional”, orienta Ana Cristina Machado.

NOS DETALHES

O transporte da “quentinha” de casa para o trabalho também exige cuidados. O ideal é que seja feito em embalagem térmica e que o recipiente seja transferido para a geladeira na primeira oportunidade. “Se não for possível levar na bolsa térmica, a refeição deve ficar na geladeira de casa até o momento de saída e ficar, no máximo, duas horas sem refrigeração”, orienta a professora de nutrição da Fumec Ana Cristina Machado.

A engenheira ambiental Renata Brasil, de 25 anos, não tem geladeira no trabalho e, nem por isso perde o pique. “Levo na bolsa térmica, que conserva muito bem os alimentos”, garante. Finalizada a refeição, a marmita deve ser devidamente lavada. E nada de reaproveitar comida. “Se tirou a marmita de casa, o ideal é comer no mesmo dia; se não, descarte. Por mais que fique na geladeira da empresa, a porta costuma ser aberta toda hora, o que pode comprometer a refrigeração”, aconselha Ana Cristina Machado.

DIVERSIFIQUE
Veja opções de cardápio para a semana


Segunda-feira

Salada (alface, tomate e cenoura ralada)
Brócolis refogado
Arroz
Feijão
Peito de frango

Terça-feira

Salada (alface, rúcula e tomate))
Chuchu no vapor
Batata assada
Arroz
Carne assada

Quarta-feira

Salada (alface, agrião, cenoura e pepino)
Arroz
Feijão
Frango grelhado

Quinta-feira

Salada (alface, couve-flor e palmito)
Arroz com cenoura e ervilhas
Omelete com peito de peru

Sexta-feira

Salada (alface, brócolis e beterraba)
Cenoura no vapor
Arroz
Frango grelhado

Fonte: Fabiano Robert, médico nutrólogo

Ilustração/Paulinho Miranda
(foto: Ilustração/Paulinho Miranda)
NADA DE PLÁSTICO


Além de mais difícil de limpar e ter microporosidades onde a sujeira pode ficar acumulada, libera bisfenol A ao ser aquecido. A substância é cancerígena

NÃO PARE POR AÍ


Acrescente à merendeira sanduíches naturais, sucos e biscoitos além de frutas para compor as demais refeições do dia. Frutas secas devem ser embrulhadas em papel toalha e colocadas em potes fechados. Uva, maçã, goiaba, banana e pêra são as melhores opções de frutas para transportar.

FACILITE A VIDA

Prepare o arroz, feijão e a proteína no início da semana. Separe em potes individuais e congele. Consuma um por dia e deixe para preparar diariamente apenas a salada e os legumes.



PARA TODOS OS GOSTOS
Bento Store/Divulgação
(foto: Bento Store/Divulgação)

» A tampa traz uma área para acomodar molhos, principalmente para a salada. O recipiente interno permite dividir os alimentos. Um pode ser esquentado separadamente e o outro será mantido frio. Inclui garfo e faca. R$ 170

Bento Store/Divulgação
(foto: Bento Store/Divulgação)

» Dois recipientes hermeticamente fechados, um separador ajustável e uma grande cinta elástica fazem deste modelo uma ótima opção para manter os alimentos intactos. R$ 195

Bento Store/Divulgação
(foto: Bento Store/Divulgação)

» Com tecido de neoprene, essa bolsa tem isolamento térmico. Tem ainda bolsos estrategicamente localizados onde pode ser colocado gelo. R$ 285

Bento Store/Divulgação
(foto: Bento Store/Divulgação)

» Tem uma tampa intermediária que a torna 100% hermética. Pode ser levada ao micro-ondas e tem o exterior emborrachado. R$ 140

Bento Store/Divulgação
(foto: Bento Store/Divulgação)

Bento Store/Divulgação
(foto: Bento Store/Divulgação)

» Tem vários potes independentes e também conta com uma cinta elástica para encaixe da garrafa d’água. R$ 210

VÍDEOS RECOMENDADOS

MAIS SOBRE SAÚDE PLENA