Futebol é a principal razão para homens recusarem sexo, diz pesquisa

Dados apontam ainda que 27% dos entrevistados já pensaram em futebol durante o ato, 42% tentam 'apressar as coisas' para conseguir assistir a uma partida e um terço dos homens ouvidos disse achar pior falhar no campo do que no quarto

por Letícia Orlandi 13/06/2014 10:31

INFORMAÇÕES PESSOAIS:

RECOMENDAR PARA:

INFORMAÇÕES PESSOAIS:

CORREÇÃO:

Preencha todos os campos.
REUTERS/Ralph Orlowski
Uso do clichê 'mulher e futebol não combinam' foi alvo de críticas em recente campanha de cerveja; pesquisa britânica contesta mito de que são elas as rainhas das desculpas para escapar do sexo (foto: REUTERS/Ralph Orlowski )
A campanha da fabricante de cervejas Heineken para a Liga dos Campeões da Uefa 2014 apostou na máxima sexista "mulher e futebol não combinam". Alvo de inúmeras críticas, o comercial indicava que, no mesmo horário da final do campeonato, as moças poderiam aproveitar uma liquidação de sapatos (clique aqui para ler a matéria completa). Pois uma pesquisa realizada pela fabricante de preservativos britânica Durex fornece mais munição para o debate e reforça o estereótipo, só que com outro argumento: o sexo.

Segundo a pesquisa, que ouviu dois mil homens de 72 localidades europeias e foi divulgada às vésperas da Copa do Mundo e das competições de verão no hemisfério norte, o futebol é a razão nº 1 para recusar sexo (veja os outro nove motivos mais comuns abaixo). Os dados apontam que 40% dos homens recusariam sexo em favor de assistir uma partida na TV, 27% já pensaram no esporte durante o ato e um terço dos entrevistados consideram pior falhar dentro do campo do que na cama.

Além disso, 42% dos homens disseram que tentariam apressar as coisas com a parceira para assistir a uma partida 'importante'. E mais: 37% afirmaram que topariam transar durante um jogo, desde que a TV ficasse ligada e eles pudessem 'pescar' os lances. Um em cada três homens disseram ainda que é pior fingir ou 'fazer fita' no gramado do que no quarto. Para conseguir escapar do que parece ser uma 'obrigação', os entrevistados enumeraram ainda desculpas como 'dor nas costas' e 'muito cansaço'.

A empresa divulgou um comunicado em que destaca: 'existe todo um mito em torno das desculpas femininas relativas ao sexo, mas parece que, quando o futebol está em jogo, as coisas mudam'.

REUTERS/Alessandro Garofalo e REUTERS/Ina Fassbender
Entre os entrevistado, 37% afirmaram que topariam transar durante um jogo, desde que a TV ficasse ligada (foto: REUTERS/Alessandro Garofalo e REUTERS/Ina Fassbender )
As dez principais razões masculinas para recusar o sexo, segundo a pesquisa britânica:

1 – Assistir a uma partida de futebol
2 – Dor nas costas
3 – Cansaço
4 – Dor de cabeça, enxaqueca
5 – Trabalho até tarde
6 – Ter trabalho para fazer em casa
7 – Excesso de bebida
8 – Preferir em outro horário
9 - Mal estar genérico
10 – Acordar cedo demais

VÍDEOS RECOMENDADOS

MAIS SOBRE SAÚDE PLENA