Em cinco passos, você pode se livrar dos calos

As calosidades podem aparecer tanto nos dedos, em cima e nas laterais, como na planta do pé

por Estado de Minas 06/06/2014 14:30

INFORMAÇÕES PESSOAIS:

RECOMENDAR PARA:

INFORMAÇÕES PESSOAIS:

CORREÇÃO:

Preencha todos os campos.
Lelis
Uso de sapato inadequado é a principal causa de calosidades (foto: Lelis)
O atrito gerado com o uso de sapatos e sandálias apertados é uma das principais causas de calosidades nos pés. Elas podem aparecer tanto nos dedos, em cima e nas laterais, como na planta do pé. As áreas endurecidas incomodam e são difíceis de remover, porém é possível se livrar desse problema com cuidados específicos e simples. Leia a seguir as cinco dicas do assessor médico da MIP Brasil Farma, Ayrton De Magistris, para quem deseja se livrar das incômodas calosidades.

1)Usar sapatos confortáveis
A primeira dica é a mais simples, mas a mais difícil de ser seguida, especialmente pelas mulheres. Para evitar calosidades, a medida mais correta é usar sapatos que não machucam o pé de nenhuma forma, sempre que possível. As mulheres devem evitar usar saltos muito altos e com bico fino. Já os homens devem buscar usar sapatos de solas mais macias.

2)Manter as unhas cortadas e lixadas

A pressão contínua do sapato sobre as unhas dos pés pode forçar as juntas dos dedos contra o sapato, formando calosidades. Para evitar essa pressão, mantenha as unhas dos pés sempre curtas e bem lixadas.

3)Fazer um escalda-pés
Mergulhar os pés em uma solução de sais e água morna relaxa, ajuda a aliviar a dor e também deixa as áreas endurecidas mais macias, facilitando na hora de lixar ou hidratar.

4)Não cortar ou furar a calosidade
A prática é comum, mas não é recomendada. Cortar pode causar infecção e sangramento.

5)Usar luvas próprias para musculação
As calosidades também podem surgir nas mãos. A melhor forma de evitar os calos ao utilizar os aparelhos de musculação é usar luvas apropriadas na academia.

VÍDEOS RECOMENDADOS

MAIS SOBRE SAÚDE PLENA