Futebol de fim de semana com os amigos esconde armadilhas para os sedentários

O esporte exige preparo muscular e aeróbico, além de ser incompatível com um histórico de problemas cardíacos

por Flávia Duarte 30/05/2014 15:00

INFORMAÇÕES PESSOAIS:

RECOMENDAR PARA:

INFORMAÇÕES PESSOAIS:

CORREÇÃO:

Preencha todos os campos.
Dizem que todo brasileiro que ama futebol é também um pouco técnico e um pouco jogador. Funções que ficam ainda mais exacerbadas em época de Copa do Mundo. Com o clima do Mundial, cresce a energia em torno do futebol e o gosto pelas partidas amadoras. A questão é que, mais que diversão, essas peladas de fim de semana podem ser um risco para o coração e o sistema locomotor desses atletas um tanto despreparados.

Antes de disputar a partida com os amigos, especialmente se você já passou dos 40 anos, a dica é procurar um médico esportivo, conferir a saúde do coração e aprender a aquecer os músculos antes de exauri-los. “Pensando nisso, a Fifa propõe aos clubes de futebol, sejam eles profissionais, amadores ou recreacionais, o programa 11+, uma proposta de exercícios de aquecimento por 20 minutos antes da prática esportiva, visando à prevenção das lesões”, explica Paulo Lobo, presidente da Sociedade Brasileira de Artroscopia e Traumatologia no Esporte e coordenador médico da Fifa para Brasília.

Valdo Virgo/CB/D.A Press
Clique na imagem para ampliá-la e saiba mais (foto: Valdo Virgo/CB/D.A Press)

VÍDEOS RECOMENDADOS

MAIS SOBRE SAÚDE PLENA