Não deixe de dar atenção às feridas que surgem na pele; veja dicas

Especialista esclarece dúvidas sobre formas de tratamento e o processo de cicatrização

por Estado de Minas 15/05/2014 13:00

INFORMAÇÕES PESSOAIS:

RECOMENDAR PARA:

INFORMAÇÕES PESSOAIS:

CORREÇÃO:

Preencha todos os campos.
LELIS
(foto: LELIS)
Machucou-se? Não deixe de dar atenção às feridas que surgem na pele. Por definição, os machucados representam uma interrupção na continuidade de um tecido. O enfermeiro Antônio rangel, especialista em feridas da Membracel Produtos Biotecnológicos, explica que elas podem ser causadas por traumas, acidentes, cirurgias ou desencadeadas por alguma doença. Para que não haja dúvidas sobre os cuidados, a melhor forma de tratamento e o processo de cicatrização, leia a seguir as respostas do especialista para os principais questionamentos relacionados às feridas de pele.

Posso lavar as feridas?
A higienização com água e sabão é o primeiro passo para o tratamento de lesões acidentais, como cortes e ralados. Apenas as feridas crônicas não devem ser lavadas durante o banho, pois a água que fica em contato com a sujeira do corpo e resquícios da pele pode levar à contaminação.

Por que usar um curativo na ferida?
O curativo evita a contaminação e absorve a secreção. Produtos mais tecnológicos podem ter outras funções, como promover trocas gasosas e drenagem das secreções, rápida regeneração da pele, proporcionar alívio imediato da dor e manter a área da lesão úmida para proteger terminações nervosas.

Posso molhar o curativo?
Em feridas de fácil resolução, como cortes e escoriações simples, geralmente não há problema em molhar o curativo. O mais indicado, entretanto, é trocá-lo quando estiver molhado.

Qual é o melhor tipo de curativo?
Nas feridas mais simples, uma gaze pode servir de curativo. Para as mais complexas é necessário
consultar um profissional da área da saúde, que indicará o curativo mais adequado.

Como saber se a ferida está curada?
A ferida passa por três processos. Na fase inflamatória (quando surge a sensação de dor, calor e rubor), ocorre a migração de células de defesa para a ferida, que têm a função de realizar uma limpeza e controlar a contaminação. Depois, vem a fase de granulação, na qual forma-se o tecido base para a cicatrização. Por último ocorre o processo de maturação, em que a pele se reconstituirá.

Quais são os sintomas de uma ferida infeccionada?
Aumento da dor, calor e rubor ao redor. Pus e febre também indicam que algo não vai bem.

Feridas podem ser sinal de alguma doença?

Diversas doenças podem desencadear feridas na pele, como câncer de pele, diabetes e hanseníase.

A alimentação influencia na cicatrização?

Um organismo saudável e equilibrado se recupera mais rápido. Além disso, a proteína é a responsável pela reconstrução da pele e a vitamina C ajuda na formação de colágeno. Dependendo da ferida, pode ser necessário indicar suplementação alimentar.

VÍDEOS RECOMENDADOS

MAIS SOBRE SAÚDE PLENA