Novo procedimento cirúrgico, mais rápido e preciso, ajuda no tratamento da hérnia de disco

Discectomia endoscópica lombar é uma das opções cirúrgicas para casos graves

por Gláucia Chaves 19/03/2014 13:30

INFORMAÇÕES PESSOAIS:

RECOMENDAR PARA:

INFORMAÇÕES PESSOAIS:

CORREÇÃO:

Preencha todos os campos.

Dor nas costas, nas pernas, formigamento… Para quem fica muito tempo sentado, esses sintomas são relativamente comuns, mas, quando as dores passam a ser constantes, pode ser indicativo de que algo anda errado na coluna. As causas e os tratamentos para o problema variam, mas a medicina continua pensando em alternativas.

Atualmente, a discectomia endoscópica lombar é uma das opções cirúrgicas para casos graves. De acordo com Cezar Augusto Oliveira, neurocirurgião e especialista em coluna, o procedimento, feito com um endoscópio e com uma lâmpada ótica, permite que os médicos tenham uma melhor visão do local a ser operado. “Isso traz mais segurança, pois conseguimos ver tudo mais claramente”, detalha.

Oliveira explica ainda que não há restrições de idade ou peso para que o paciente esteja apto a se submeter ao procedimento. “Aprimoramos a técnica para que pacientes mais velhos, que não têm condições de passar por uma anestesia geral, também sejam beneficiados, já que a anestesia é local”, completa.

A cirurgia também oferece menos riscos que as convencionais: de acordo com o médico, ela é considerada pouco sangrativa e o tempo de recuperação é bem menor. “A tecnologia é muito cara, mas o procedimento chega a ficar mais barato, pelo menor tempo de internação. Com isso, o paciente fica menos tempo afastado do trabalho.”

 

Valdo Virgo / CB / DA Press
Clique para ampliar e saber mais sobre o procedimento (foto: Valdo Virgo / CB / DA Press)
 

VÍDEOS RECOMENDADOS

MAIS SOBRE SAÚDE PLENA