Em dias quentes, o armazenamento dos alimentos merece atenção especial

O risco de proliferação de bactérias, e a consequente intoxicação do organismo, é alto

por Flávia Duarte 16/02/2014 11:40

INFORMAÇÕES PESSOAIS:

RECOMENDAR PARA:

INFORMAÇÕES PESSOAIS:

CORREÇÃO:

Preencha todos os campos.
Elas estão por todos os cantos, incluindo o ar que você respira e a comida que você ingere. Acredite, não há como se livrar completamente das bactérias: elas estarão sempre presentes na sua refeição. A questão é a quantidade em que elas aparecem.

A ideia é que a higiene e a boa conservação dos alimentos mantenham as bactérias em número inofensivo à saúde humana, já que o perigo é, justamente, a reprodução veloz desses seres invisíveis. Muitas vezes, eles já estão concentrados em bandos, antes mesmo de o alimento apresentar aparência, aroma ou gosto diferentes, transformando o lanche ou o almoço em uma verdadeira armadilha. Segundo o biomédico Roberto Martins Figueiredo, o Dr. Bactéria, autor de livros sobre o tema, entre eles o Xô, bactéria!, os inimigos precisam de calor e água para proliferarem rapidamente.

Assim, nesta época quente do ano, os cuidados devem ser redobrados, já que as elevadas temperaturas aceleram a reprodução das bactérias e aumentam o risco de contaminação.
Valdo Virgo / CB / DA Press
Clique para aprender quais cuidados você deve ter com alimentos nos dias quentes (foto: Valdo Virgo / CB / DA Press)

VÍDEOS RECOMENDADOS

MAIS SOBRE SAÚDE PLENA