Estudo aponta que obesidade nas meninas provoca puberdade precoce

De acordo com os pesquisadores, a maturidade antecipada entre as meninas tem importantes implicações clínicas, tanto em nível psicológico quanto biológico

por AFP 04/11/2013 13:19

INFORMAÇÕES PESSOAIS:

RECOMENDAR PARA:

INFORMAÇÕES PESSOAIS:

CORREÇÃO:

Preencha todos os campos.
sxc.hu
Uma puberdade precoce aumenta também os riscos de obesidade, hipertensão e vários tipos de câncer, entre eles de mama e ovário (foto: sxc.hu)
A obesidade nas meninas é o fator mais determinante de uma puberdade precoce, que afeta as de raça branca mais cedo do que antes, indica um estudo divulgado nesta segunda-feira nos Estados Unidos.

"Uma maturidade antecipada entre as meninas tem importantes implicações clínicas, tanto em nível psicológico quanto biológico", explica o dr. Frank Biro, da divisão de medicina da adolescência no hospital de crianças de Cincinnati (Ohio, norte), principal autor do trabalho.

As meninas que experimentam uma maturidade precoce correm o risco de enfrentar múltiplos problemas, como a falta de confiança em si mesmas, mau desempenho escolar e comportamentos associais, indica o pediatra.

Uma puberdade precoce aumenta também os riscos de obesidade, hipertensão e vários tipos de câncer, entre eles de mama e ovário.

Os autores examinaram 1.239 meninas em clínicas da região de San Francisco, Cincinnati e Nova York, para determinar o início de sua puberdade. Mediram o desenvolvimento de seu busto e o impacto deste fenômeno no índice de massa corporal e este em relação à raça e origem étnica.

As participantes tinham entre 6 e 8 anos quando começou o estudo e foram acompanhadas regularmente de 2004 a 2011.

Os pesquisadores empregaram critérios estabelecidos do desenvolvimento da puberdade, entre eles os cinco estágios conhecidos do crescimento dos seios. Constataram que as diferentes idades nas quais a puberdade aparecia - indicada pelo desenvolvimento do busto - variam com a raça, o índice de massa corporal e a origem geográfica.

O desenvolvimento dos seios começa nas meninas brancas com uma idade média de 9,7 anos, antes do que se havia observado anteriormente.

As meninas negras continuam sendo mais precoces que as brancas e o crescimento de seus seios começa em média aos 8,8 anos.

Entre as hispânicas, essa idade é de 9,3 anos e de 9,7 anos entre as meninas de origem asiática.

Os pesquisadores concluíram que um índice de massa corporal mais elevado (sobrepeso e obesidade) é um fator determinante de uma puberdade precoce mais importante que a raça.

Apesar de os autores do estudo continuarem com suas pesquisas para confirmar os fatores ambientais e fisiológicos que estão por trás do fenômeno, concluíram que o aparecimento precoce da puberdade entre as meninas brancas provavelmente é provocado por um peso excessivo.

VÍDEOS RECOMENDADOS