Você sabe qual é a origem do Pole Dance?

Vários caminhos se cruzaram para dar origem à dança, com elementos da Índia, França, Canadá e Estados Unidos

por Letícia Orlandi 02/05/2013 08:30

INFORMAÇÕES PESSOAIS:

RECOMENDAR PARA:

INFORMAÇÕES PESSOAIS:

CORREÇÃO:

Preencha todos os campos.
Reprodução / www.damncoolpictures.com
Na Índia, ginastas aprendem desde muito cedo as acrobacias (foto: Reprodução / www.damncoolpictures.com)

O Brasil conta com hoje com várias associações e até com uma representação nacional de Pole Dance. A Federação Brasileira de Pole Dance (FBPOLE) existe desde 2009 e tem o objetivo de disseminar a prática como uma atividade física. Ela oferece certificação e credencia atletas para competições internacionais.

Mas, até chegar a esse nível de institucionalização, vários caminhos se cruzaram para dar origem à pole dance como conhecemos, com elementos da Índia, França, Canadá e Estados Unidos.

Índia, porque desde o século XII seus habitantes praticam uma variante de yoga – a Mallakhamb - com o auxílio de poste de madeira e cordas. Há cerca de 250 anos, essa modalidade tomou força como disciplina esportiva. É mais praticado por homens do que por mulheres, que se dedicam mais à modalidade com cordas.

Assista à apresentação impressionante de um dos mais famosos praticantes da Mallakhamb, Rajesh Apparao Mudki, no programa Ellen DeGeneres:



França, devido à influência do estilo burlesco (ou burlesque), encontrado desde o século XVII e de origem vinculada à Comédia dell’arte. Este movimento é apontado como colaborador para o surgimento do ballet, do teatro de marionetes e da mímica, entre outros. A casa de shows Moulin Rouge, fundada em 1889 em Paris, teve grande contribuição para que as performances se tornassem mais sensuais e conhecidas.

Facebook.com/DitaVonTeese
O estilo burlesco, revisitado atualmente por musas como Dita Von Teese, também influenciou o surgimento da forma atual do Pole Dance (foto: Facebook.com/DitaVonTeese)


Estados Unidos, porque foi neste país em que a dança tomou forma nos anos 1920 e 1930, em pequenas apresentações de dançarinas nas feiras que cruzavam o país. O primeiro registro da forma atual do pole dance data de 1968, no Oregon; e ao longo dos anos 70 e 80 a prática se popularizou nas casas noturnas.

Reprodução / polefitnessstudio.com
Aos 38 anos, a pioneira canadense Fawnia Mondey-Dietrich exibe corpo de fisiculturista e continua competindo (foto: Reprodução / polefitnessstudio.com)
Canadá,
porque nos anos 90 a canadense Fawnia Mondey-Dietrich lançou o primeiro DVD com instruções do Pole Dance para mulheres “comuns” e a dança começou a ganhar outros espaços. Nos anos 2000, a dança ampliou o leque com a criação da modalidade pole fitness. Até o Cirque du Soleil é citado pelas praticantes como um incentivador, porque incorporou os mastros chineses em suas coreografias. Essa técnica também se vale do atrito entre a pele e o pole.

Embora a história do Pole Dance esteja intimamente ligada à da dança erótica, as praticantes ressaltam que outros estilos – como a salsa, o tango e a dança do ventre – também sofreram com o preconceito. As competições internacionais de pole fitness, cada vez mais frequentes, têm se mostrado uma forma de conquistar o reconhecimento como esporte e forma artística de dança. Em vez de erotismo e sensualidade, estes eventos têm regras rigorosas para vestimentas e coreografias focadas exclusivamente na parte atlética da prática. O que não deixa de ser uma volta às origens indianas do Pole Dance.


Clique para ver fotos de várias competições e aulas de Pole Dance ao redor do mundo
AFP PHOTO/ TIMOTHY A. CLARY
Allison Sipes no Campeonato norte-americano de Pole Dance, em Nova York (foto: AFP PHOTO/ TIMOTHY A. CLARY)

VÍDEOS RECOMENDADOS

MAIS SOBRE SAÚDE PLENA