Taylor Swift volta a disponibilizar músicas em serviços de streaming

Cantora travou briga com o Spotify em 2014 alegando que o retorno financeiro do serviço era muito baixo

por Estado de Minas 09/06/2017 09:18
Robyn Beck/AFP
Discografia de Taylor Swift está de volta ao catálogo do Spotify. (foto: Robyn Beck/AFP)
Na última quinta-feira, 08, Taylor Swift colocou um ponto final em sua batalha contra os serviços de streaming. A cantora afirmou que voltará a disponibilizar suas músicas em plataformas como Spotify e Tidal. A informação foi publicada em um anúncio na página oficial de Taylor no Facebook. 

''Em comemoração por 1989 ter vendido mais de 10 milhões de álbuns em todo o mundo e o anúncio da certificação RIAA por ter vendido 100 milhões de canções, Taylor quer agradecer s seus fãs disponibilizando todo seu catálogo de volta para todos os serviços de streaming'', diz a nota. 
 
Em 2014, na ocasião do lançamento do disco, Taylor Swift removeu todos seus trabalhos dos catálogos de serviço de streaming alegando que o lucro destas plataforma era irrisório para os artistas. À época, ela se posicionou contrária ao fato de existir uma versão gratuita do Spotify, já que isso diminui o repasse de valores para os artistas. 

Depois disso, a cantora se tornou exclusiva da Apple Music, já que o serviço não oferece pacote gratuito. 

Os discos já disponíveis são: Taylor Swift (2006), Fearless (2008), Speak now (2010), Red (2012) e 1989 (2014). Entre os hits da cantora estão as músicas Shake it off, Blank space, We are never getting back together, You belong with me, entre outros.
 
 
 
 

VÍDEOS RECOMENDADOS

MAIS SOBRE MÚSICA