Hillbilly Rawhide e Folsoms comandam noite dedicada ao country em BH

Banda paranaense e grupo mineiro se apresentam nesta sexta no Studio Bar, compartilhando o estilo caipira norte-americano

por Pedro Galvão 09/06/2017 08:00

Lucas Pontes/divulgação
Paranaenses costumam subir ao palco devidamente caracterizados (foto: Lucas Pontes/divulgação )
Se uma pessoa desavisada cruzar o caminho deles, certamente vai imaginar que está no interior dos Estados Unidos ou até mesmo no Velho Oeste. Seguindo a tradição de sempre pegar a estrada quando tocam dentro do Brasil, os paranaenses do Hillbilly Rawhide chegam hoje a BH com suas botas, chapéus, violino, banjo e guitarra para mostrar o melhor do chamado “outlaw country” no Studio Bar. A noite será aberta pelos mineiros do Folsoms.


Formada há 14 anos em Curitiba, a banda faz o tradicional som caipira americano, mas incluindo letras em português entre suas composições. O próprio nome já diz muito sobre a banda: Hillbilly é um musical estilo originário das montanhas do Sul dos EUA e ''rawhide'' é uma expressão que significa ''casca grossa''. O grupo já lançou três álbuns, um EP, um ao vivo e um DVD.

“Gostamos muito de BH, porque temos um público que também gosta muito da gente aí”, diz o vocalista Ricardo Huczok. Com letras sobre estrada, bebidas e temas que parecem tirados de um filme de faroeste, a formação conta com baixo acústico, violino e harmônica, além de bateria, guitarra e violão.

 

“O show inclui inéditas que ainda iremos gravar. Como faz cinco anos que não tocamos em BH, as mais antigas não vão faltar”, explica o vocalista, prometendo versões surpresa de clássicos do country ou mesmo de AC/DC, Ramones e Motorhead em ritmo hillbilly. Amanhã, o grupo toca em Ipatinga, no Garajão.

A noite em BH contará também com The Folsoms, que começou há 10 anos como cover de Johnny Cash antes de lançar suas próprias baladas. O repertório traz ainda versões de ícones do country como Merle Haggard e Dolly Parton, além, claro, do próprio ''Men in Black''.

 

Com um disco já lançado, em 2010, e um show gravado na Associação de Proteção e Assistência ao Condenado (Apac) de Santa Luzia, seguindo o exemplo de Johnny Cash, que gravou um disco ao vivo na prisão Folsom, na Califórnia, em 1968, a banda prepara outra novidade para o público. Um documentário sobre a história do grupo está em fase de produção, depois de ser financiado via crowdfunding pelos fãs. Os apoiadores foram recompensados com brindes da banda, como cachaça, itens de cozinha, e peças de vestuário, entre outros itens produzidos por empreendedores locais.

OUTLAW NIGHT

Com Hillbilly Rawhide e The Folsoms. Hoje, às 22h. Studio Bar, Rua Guajajaras, 842, Centro, (31) 3047-1020. Ingressos: R$ 40 e R$ 30 -à venda aqui.

VÍDEOS RECOMENDADOS

MAIS SOBRE MÚSICA