Após atentado em Manchester, artistas mantêm shows na Inglaterra

Bandas Blondie e Take That cancelam apresentação 'por respeito' às vítimas do ataque; Katy Perry e Guns N' Roses mantêm agenda

por Estado de Minas 24/05/2017 12:44
Raul Aragão/I Hate Flash/Divlulgação
Katy Perry se apresenta no festival BBC Radio 1's Big Weekend, que trabalha com os artistas para aprimorar a segurança no local do evento. (foto: Raul Aragão/I Hate Flash/Divlulgação)
O atentato suicida no show da cantora pop Ariana Grande, em Machester, comoveu o mundo todo, em especial os artistas de música. Tanto que alguns dele cancelaram suas apresentações na Inglaterra enquanto outros decidiram manter seus planos para demonstrar que não se renderão ao terrorismo. 

A banda de rock dos anos 1970 Blondie cancelou o show que faria na última terça-feira, 23, em Londres. Em nota, o grupo explicou que a decisão é ''uma mostra de respeito às vítimas do terrível ataque''. O mesmo aconteceu com o grupo pop Take That, que se apresentaria na Machester Arena, no local do atentado, entre quinta, 25, sexta, 26, e sábado, 27. 

Desse modo, o próximo show na Manchester Arena seria do Kiss, na terça-feira, 30. A banda americana postou em suas redes sociais mensagens de apoio às vitimas, mas não indica que cancelará a apresentação. Os ingressos, inclusive, continuam à venda. 

Outros músicos com shows marcados na Europa decidiram não mudar seus planos. É o caso de Celine Dion, que se apresenta em Copenhague, Londres, Estocolmo, e Paris. A cantora canta na Manchester Arena no dia 25 de junho. Phil Collins também manteve sua apresentação em Liverpool, no dia 2 de junho, e cinco shows no Royal Albert Hall, em Londres, a partir de 4 de junho. 

FESTIVAL 
Outra preocupação das autoridades inglesas é o festival BBC Radio 1's Big Weekend, em Hull, no norte da Inglaterra. O festival vai reunir artistas como Katy Perry, Lorde, Lana Del Rey, Imagine Dragons e Shawn Mendes entre sábado e domingo. Os 50 mil ingressos postos a venda já estão esgotados e, segundo a imprensa internacional, as equipes dos artistas estão trabalhando com a organização do evento para aprimorar a segunrança do local
 
Já o Guns N' Roses, atualmente em turnê com shows marcados em Dublin, Lisboa, Madrid, Zurich, Munique, Londres e Paris, também não deve modificar a agenda, assim como o Iron Maiden, que manteve o show desta quarta-feira, 24, em Cardiff, e os do fim de semana, na O2 Arena, em Londres. 

Segundo representantes da O2 Arena, o local será reforçado com um esquema de segurança mais rígido. ''Por favor, cheguem cedo e não tragam muitas coisas. Permitiremos apenas bolsas pequenas'', aconselharam. 

APELO 
Com medo de que os shows do cantor Justin Bieber sejam atacados, as fãs do artista pediram nesta terça-feira, 23, que as datas da turnê britânica do cantor sejam canceladas. O canadense de 23 anos tem shows programados no Hyde Park, em Londres, em julho. 

Nas redes sociais, as fãs lotaram a caixa de comentários do artistas fazendo um apelo para que ele cancelasse a aparição. ''Cancelem o show de Justin Bieber no Reino Unido, por favor! Queremos ele a salvo'', escreveu um internauta na conta do empresário de Justin, Scooter Braun, que também gerencia a carreira de Ariana Grande. 

VÍDEOS RECOMENDADOS

MAIS SOBRE MÚSICA