Maiara e Maraísa começam turnê no exterior

Nesta sexta-feira (14), a dupla embarca para shows em Lisboa, Bruxelas e Londres

por Cecília Emiliana 13/04/2017 08:22

Som Livre/Divulgação
As gêmeas Maiara e Maraísa querem gravar em espanhol (foto: Som Livre/Divulgação)

O impiedoso garçom mencionado em Dez por cento – sucesso da dupla Maiara & Maraísa – já pode “trocar o DVD”, como tanto implora a protagonista da canção. Recém-chegado às lojas e plataformas virtuais, o disco Ao vivo em Campo Grande, o segundo das gêmeas mato-grossenses, daria um bom aliado do maquiavélico atendente. A letra diz que ele tritura o coração da sofrida cliente, fazendo ecoar pelo boteco modões que trazem à moça doloridas lembranças do ex. Resta a ela afogar a sofrência em generosas doses de álcool.


Gravado em outubro do ano passado, o álbum reúne 22 faixas. Poderosas, sem sombra de dúvidas, quando se trata de prolongar a dor de cotovelo dos apaixonados para além da vigésima saideira. O selo ISO 9001 de mel e lágrimas vai para as composições Bengala e Crochê, Cinco minutos ou 50 anos e No dia do seu casamento (Olha pro seu dedo agora/ E jogue essa aliança fora/ Eu sei bem quem você ama). Menção honrosa para Quando o assunto é cama e Sorte que cê beija bem, atualmente bem-tocadas nas rádios. Dez por cento e Medo bobo, carros-chefe do primeiro DVD das cantoras, também entraram no setlist. Com clipes que já ultrapassam 300 milhões de visualizações cada um no Youtube, não ficariam mesmo de fora. \

Raiz

Campo Grande está guardada na memória afetiva de Maiara e Maraísa. Berço de Luan Santana, Michel Teló, Maria Cecília & Rodolfo e João Bosco & Vinícius, a cidade deu às irmãs sua primeira grande plateia. “Há pouco mais de três anos, cobrávamos R$ 5 mil para cantar nos bares de Goiânia. Acabamos vendendo um show para Campo Grande por R$ 10 mil – a princípio, para 700 pessoas. De repente, a procura por ingressos explodiu e o público foi de 7 mil pagantes, embora nunca tivéssemos pisado na cidade. Imagina, vendemos um show por R$ 10 mil e a nossa bilheteria rendeu mais de R$ 100 mil! Pra gente, naquela fase, foi maravilhoso. Desde então, temos muito carinho por Campo Grande”, contou Maiara na coletiva de lançamento do álbum

A cidade também está no DNA do novo projeto, marcado por arranjos que remetem ao vanera, ritmo típico gaúcho muito ouvido por lá. “Tudo foi calculado. Vários músicos que tocam conosco, não por acaso, são de Campo Grande. A gente quis levar essa raiz para o palco”, explica Maraísa.

Nesta sexta-feira (14), as duas embarcam para o exterior. Vão cantar em Lisboa, Bruxelas e Londres. Empolgadas, cruzam pela primeira vez na vida as fronteiras do país. Já está nos planos o terceiro DVD, que será gravado em São Paulo. “A gente quer crescer no sertanejo, até para firmar de vez o lugar da mulher nesse mercado difícil de conquistar. Vamos demarcar território mesmo, mostrar que as duplas femininas vieram pra ficar”, avisa Maiara.

ESPANHOL
Se até bulas de remédio recitadas em espanhol ganham dramaticidade, imagine o cancioneiro de Maiara & Maraísa. Ou melhor: prepare-se para par escutá-lo nessa versão muito em breve. Dez por cento já foi traduzida para o caliente idioma. As gêmeas revelam que buscam companhia para gravá-la. “Temos a versão já pronta, procuramos um parceiro para cantar conosco. Estamos cheias de vontade de experimentar, testar outras coisas”, revela Maiara.

VÍDEOS RECOMENDADOS

MAIS SOBRE MÚSICA