Com nomes da música mundial, Rock in Rio renova esperança no Rio de Janeiro em meio à crise

Venda de ingressos começa nesta quinta-feira, 06; festival tem como atrações Lady Gaga, The Who, Aerosmith, Maroon 5 e Guns n' Roses

por Pedro Galvão 06/04/2017 07:00
Marcelo Mattina/I Hate Flash/Divulgação
Rock in Rio 2017 é a sétima edição do festival no Brasil. (foto: Marcelo Mattina/I Hate Flash/Divulgação)
A partir das 19h desta quinta-feira, 06, estarão à venda os ingressos para o Rock In Rio 2017, que será realizado em setembro na capital fluminense. Sem abrir mão de escalar alguns dos nomes mais fortes do pop e do rock mundiais, como costuma fazer desde 1985, o megafestival em sua primeira edição após a Olimpíada do Rio de Janeiro se oferece como uma esperança para a rede hoteleira da cidade em meio à crise.
 
Lady Gaga e Ivete Sangalo, Guns'n'Roses e The Who, Maroon 5 e Justin Timberlake, Sepultura e Offspring. Com várias atrações de peso e de estilos diferentes distribuídas nos sete dias de evento, a sétima edição do festival em sua terra natal pretende atrair fãs de várias partes do Brasil e também do exterior. Na venda antecipada, iniciada em outubro, exclusiva para clientes Itaú e membros do Rock In Rio Club, 60% dos tickets foram vendidos para fora do Rio de Janeiro, mais do que os 46% históricos, segundo Roberta Medina, vice-presidente do festival, o que indica que a procura por hospedagem deve ser alta.
 
Com o número de quartos duplicado na cidade após os jogos do ano passado, os hotéis buscam reaver o investimento. De olho nos turistas, 16 hotéis localizados na Barra da Tijuca, região onde fica a Cidade do Rock, fizeram uma parceria com o festival e estão vendendo pacotes com hospedagem e ingresso. A lista de opções pode ser encontrada no site oficial do evento (link).
 
As diárias dos hotéis parceiros vão de R$ 308 (para o quarto Double), no Hotel Serramar, localizado na Estrada da Barra, a R$ 715 (quarto Grand Room Double), no Grand Hyatt Barra, um dos mais luxuosos da lista – com spa, três restaurantes e localização à beira mar. A CVC também está comercializando combos de transporte, ingresso e hospedagem, com preços entre R$ 798 (apenas ingresso, hospedagem e traslados ou transporte rodoviário e ingressos) e R$ 1.598 (transporte aéreo, duas diárias em hotel, ingressos e translados). Vale lembrar que o ingresso para cada dia de festival custa R$ 455.
 
O relacionamento com os hotéis faz parte do plano de se aproximar cada vez mais do ''público família''. Pensando nisso, a nova Cidade do Rock, localizada no Parque Olímpico, terá novidades. Com o dobro de espaço em relação à última edição, em 2015, a primeira promessa da organização é mais conforto e menos filas. Espaço gourmet e mais áreas de descanso também entram na lista. ''A infra é o que garante o fato de nosso público ter entre 15 e 60 anos. O cara mais velho não vai se não tiver um banheiro decente e se não tiver infraestrutura. A gente não conversa com público de nicho, somos mais convidativos em relação à família'', afirma Roberta Medina.
 
Além da maior oferta de hotéis para os turistas, outra benesse do Rio pós-olímpico é um sistema de transporte público mais eficiente na região da cidade onde ocorre o festival. Com a proibição do acesso por carros, as 85 mil pessoas esperadas por dia terão o metrô e o BRT integrados 24 horas à disposição. Ônibus especiais indo dos hotéis parceiros à Cidade do Rock também serão opções.
 
''O Rio ganhou um presente dos deuses, depois de quase 30 anos parado, de repente vem um investimento concentrado e muita gente acreditou nesse rio olímpico. Foi o empresariado que investiu em hotéis, restaurantes. Então tem que rolar, se não todo mundo vai quebrar, por isso nos juntamos, porque tem que acontecer'', diz a empresária, de 39 anos, à frente do festival desde a edição realizada em Lisboa em 2004.
 
Roberta segue os passos do pai, Roberto Medina, o idealizador do festival na década de 80, hoje com 68 anos. ''Quero que o Rock In Rio se torne cada vez mais um ativo para o setor cultural do país. O turismo é a segunda indústria do mundo, e nossos números ainda são ridículos'', diz ele, referindo-se ao próprio festival como uma ''boa notícia, diante do desastre que vivemos no país''. O ''pai do Rock In Rio'' revela ainda que colocar The Who no line-up era um sonho desde a primeira edição, que finalmente se concretiza: ''Gosto muito deles, sempre ouvi'', afirma o empresário sobre a banda inglesa que virá ao Brasil pela primeira vez em 53 anos de carreira.
 
The Who sobe ao Palco Mundo no dia 23 de setembro, mesma noite que o Guns'n'Roses. Confira as atrações da edição deste ano:
 
Palco Mundo:
15 de setembro: Ivete Sangalo, 5 Seconds of Summer, Pet Shop Boys e Lady Gaga
16 de setembro: Skank, Shawn Mendes, Fergie e Maroon 5
17 de setembro: Frejat, Walk The Moon, Alicia Keys e Justin Timberlake
21 de setembro: Scalene, Def Leppard, Fall Out Boy e Aerosmith
22 de setembro: Jota Quest, Alter Bridge, Tears for Fears e Bon Jovi
23 de setembro: Titãs, Incubus, The Who e Guns N' Roses
24 de setembro: Capital Inicial, The Offspring e Red Hot Chilli Peppers
 
Palco Sunset:
15 de setembro: Céu convida Boogarins, Fernanda Abreu convida Focus Cia. de Dança e Dream Team do Passinho, Salve o Samba, SG Lewis e Convidado
16 de setembro: Miguel convida Emicida, Charles Bradley & His Extraordinaries, Blitz convida Alice Caymmi e Davi Moraes, Homenagem a João Donato com Lucy Alves, Tiê, Mariana Aydar e Emanuelle Araújo
17 de setembro: Nile Rodgers & Chic, Johnny Hooker com Liniker e Almério, HMB e Vigul e Carlão
21 de setembro: Alice Cooper convida Arthur Brown, BaianaSystem com Titica, Ana Cañas convida Hyldon, The Kills e Convidado
22 de setembro: Ney Matogrosso com Nação Zumbi, O Grande Encontro convida Orquestra de Pífanos de Caruru e Grupo Grial de Dança, Sinara convida Mateus Aleluia
23 de setembro: Karol Conka convida Bomba Estéreo, CeeLo Green, Quabales convida Margareth Menezes 
24 de setembro: Sepultura, Dr. Pheabes convida Supla, Ego Kill Talent

Venda ingressos:
Hoje, a partir das 19h, no site www.ingresso.com e www.rockinrio.com/ingressos
Valores: R$ 455 (inteira) e R$ 227,50 (meia) para cada dia do festival
Depois da confirmação da compra, a pulseira que dá acesso ao festival será enviada pelos correios ao comprador.


Histórico do Rock In Rio:
Rio de Janeiro: seis edições (1985, 1991, 2001, 2011, 2013 e 2015)
Lisboa: sete edições (2004, 2006, 2008, 2010, 2012, 2014 e 2016)
Madri: três edições: (2008, 2010 e 2012)
Las Vegas: uma edição (2015)

VÍDEOS RECOMENDADOS

MAIS SOBRE MÚSICA