Mariah Carey processa produtora por cancelamento de shows

A cantora acusa a empresa Fenix Entertainment Group de quebra de contrato, em razão da falta de pagamento

por Estado de Minas 11/01/2017 16:42

ANGELA WEISS/AFP
A cantora tinha apresentações marcadas no Brasil (foto: ANGELA WEISS/AFP)
Mariah Carey está dando o que falar em 2017. Agora, a cantora está processando a produtora chilena Fenix Entertainment Group por quebra de contrato e quer receber o pagamento integral pela turnê que faria na América do Sul, no ano passado.

 

Mariah tinha apresentações marcadas em São Paulo, Curitiba e Porto Alegre, além de Chile e Argentina. Pelo Twitter, a cantora noticiou o cancelamento dos shows por "descaso dos promotores locais no trato com os fãs".

 

De acordo com processo que corre no Tribunal Superior de Los Angeles, a razão do cancelamento foi a falta de pagamento. 

 

Segundo o The Hollywood Reporter, o contrato entre a cantora e a produtora foi firmado sob o pagamento de uma taxa de garantia e que a maior parte seria pago nas semanas anteriores aos shows. Mariah deveria estar na Argentina no dia 28 de outubro, mas até o dia 25 ela ainda não havia recebido o valor. 

 

No processo, o advogado da cantora defende que Mariah perdeu várias oportunidades com o cancelamento e por isso exige o pagamento integral à artista. A Fênix, por sua vez, acusa a cantora de prejudicar a marca ao cancelar a turnê. Na época, a produtora chilena culpou as produtoras brasileiras Stage e Lens "por problemas gerados apenas e exclusivamente nas apresentações que seriam realizadas no Brasil". 

 

 

 

VÍDEOS RECOMENDADOS

MAIS SOBRE MÚSICA