Famosos voltam a defender Camila Cabello, que já planeja álbum solo

Alessia Cara e Machine Gun Kelly também saíram em defesa da cantora após polêmica com a saída do Fifth Harmony

por Estado de Minas 22/12/2016 17:08

Depois de Shaw Mendes, foi a vez de Alessia Cara e Machine Gun Kelly se pronunciarem a favor da Camila Cabello após a saída do Fifth Harmony.

 

"Camila é uma pessoa forte, mas é uma menina nova e inocente. É um saco que essas pessoas virem as costas para ela. Todos esse comunicados deveriam ser tipo 'fale sua parte e acabou'. Camila é uma estrela e o grupo não era algo formado em uma garagem. Elas foram colocadas juntas, então agradeçam por todos os anos e fiquem felizes pelas conquistas. Eu conheço Camila e não tem nenhum truque. Ela não fez nada pelas costas", desabafou Machine, que divide a voz com a Camila no recente single Bad Things.

 

Por sua vez, a cantora Alessia Cara  se manifestou em uma entrevista ao site 24 Hours Toronto: "Fiquei sabendo que a Camila deixou o grupo. Eu sinto que todo mundo está sendo muito dramático quanto a isso. Posso imaginar como deve ser, pois quando você é dedicado a um grupo por tanto tempo, você fica triste. Mas é importante sempre fazer o que é melhor para você. Então, se é isso que a deixa feliz, as pessoas deveriam aceitar". 

 

De acordo com as informações publicadas pela Billboard, a saída de Cabello foi adiantada, o que pegou a jovem de surpresa. O contrato da cantora, que chegara ao fim no meio de dezembro, marcava o fim de suas obrigações com o recente álbum 7/27 das meninas do Fifth Harmony, mas não necessariamente o desligamento da banda.

 

Porém, a revista também informou que a mesma já trabalhava em sua carreira solo da cantora e teria o primeiro álbum solo encaminhado, que deve ser lançado entre junho e agosto de 2017, enquanto o primeiro single é esperado entre março e abril. A Billboard conta que ela vinha trabalhando nesse projeto em sessões com renomados nomes da indústria, como Diplo, Benny Blanco, Johnny Mitchell, Amarr, Madison Love, Futuritics e Serm. 

 

A mesma reportagem revela até que a gravadora cogitou a substituição de Camila por outra garota, que vinha a ser escolhida por meio de um reality show, mas a ideia já foi derrubada. 

 

 

 

 

 



VÍDEOS RECOMENDADOS

MAIS SOBRE MÚSICA