Dona Ana, mãe de Mano Brown, morre em São Paulo

Fonte de inspiração para letras de sucesso do Racionais MCs, Ana Soares estava internada em São Paulo

por Ângela Faria 19/12/2016 21:07
Reprodução Instagram
(foto: Reprodução Instagram)
Morreu hoje (19), em São Paulo, Ana Soares, mãe do rapper Mano Brown, do grupo Racionais MCs. Ela inspirou para várias letras que fizeram a fama do filho único, como Negro drama e Jesus chorou.
 
Na primeira, ele fala de Ana, mãe solteira, e do bebê que acabara de ter: "Uma negra/ E uma criança nos braços/ Solitária na floresta/ De concreto e aço". Em Jesus chorou, a mãe o aconselha: "Paulo, acorda!/ Pensa no futuro, que isso é ilusão/ Os próprio preto não tá nem aí com isso, não./ Ó o tanto que eu sofri, o que eu sou, o que eu fui./ A inveja mata um/ Tem muita gente ruim".

Há alguns anos, Ana Soares teve acidente vascular cerebral (AVC) e apresentava saúde frágil. Ela estava internada em um hospital paulistano e a causa da morte não foi divulgada pela família. Nas redes sociais, o grupo Racionais MCs solidarizou-se com Brown, assim como os fãs.

HOMENAGEM EM BH Em agosto, durante show no BH Hall, na capital mineira, o rapper homenageou a mãe. Já era madrugada do Dia dos Pais quando Brown, por várias vezes, conversou com o público. Disse aos jovens que nem sequer conheceu o pai. Contou que a mãe sempre foi guerreira e o criou sozinha, trabalhando em casas de família para sustentá-lo. Aconselhou os fãs a terem responsabilidade, parabenizou "os pais de verdade" e advertiu adolescentes para a responsabilidade de cuidar de uma criança.

Nascida no interior da Bahia, Ana migrou para São Paulo e, segundo Brown revelou em recente entrevista, engravidou de um italiano. Nascido em 1970, o músico paulistano foi criado na região do Capão Redondo, no Sul da capital paulista. Extremamente apegado à mãe, o músico fez show em Salvador no domingo (18) e voltou logo depois para São Paulo devido ao estado de saúde de dona Ana.

VÍDEOS RECOMENDADOS

MAIS SOBRE MÚSICA