Lady Gaga se emociona e fala sobre o lado duro da fama em entrevista

''Eu tinha bastante consciência que uma vez ultrapassada aquela barreira, eu não estaria mais livre'', revelou

por Estado de Minas 28/11/2016 12:13

INFORMAÇÕES PESSOAIS:

RECOMENDAR PARA:

INFORMAÇÕES PESSOAIS:

CORREÇÃO:

Preencha todos os campos.
YouTube/Reprodução
Lady Gaga se emociona ao falar sobre sua carreira. (foto: YouTube/Reprodução)
Para promover seu mais recente álbum, Joanne, Lady Gaga participou do programa Sunday Morning, do canal CBS. Na entrevista, que foi ao ar no último domingo, 27, ela revelou algumas questões sobre a sua vida pessoal e se emocionou ao falar sobre a fama. 

''Eu tinha bastante consciência que uma vez ultrapassada aquela barreira, eu não estaria mais livre. Assim que eu me mostrasse ao mundo, eu pertenceria, de certa forma, a todos. Não é ilgeal me seguir. Não é ilgeal me perseguir na praia. Não posso chamar a polícia ou pedir que eles saiam. Precisei de uma análise dura dessa barreira e disse 'bem, se eu não posso ser livre lá fora, posso ser livre aqui''', disse, apontando para o coração, ao ser questionada sobre a nova realidade que a fama lhe trouxe. 
 
 
Lee Cowan, o entrevistador, questionou se Joanne, seu novo disco, significava essa liberdade interna. Ao responder, a cantora se emocionou. ''Sim, senhor. Sinto falta das pessoas. Sinto falta de ir a algum lugar, conhecer uma pessoa qualquer e dizer 'oi' e falar sobre a vida. Amo as pessoas', disse. 

Lady Gaga ainda comentou sobre as mudanças que a sua imagem sofreu. No início da carreira, quando despontou, ela aparecia publicamente de forma mais extravagante. Atualmente, Gaga transita entre a discrição e a 'normalidade'. ''Acho que quando as pessoas me veem com menos maquiagem e menos de tudo o que eu fazia antes, elas estranham. Não sei se você pode rotular isso de amadurecimento. Sou eu. Estou crescendo. Tenho 30 anos. É o que eu quero fazer agora'', afirmou. 

Sobre o seu novo álbum, que apresenta uma sonoridade menos dance e com fortes influências da música country, Lady Gaga disse que as suas mudanças podem ser difíceis para os fãs. ''Acho que é ficícil para ele às vezes. De álbum para álbum eu passo por uma grande transformação. E é assim que eu sou como artista''. 

Para finalizar, Cowan questionou a postura de Lady Gaga sobre o fim de seu noivado com o ator Taylor Kinney, ao que ela respondeu: ''Acho que as mulheres amam intensamente. Amamos os hoens. Amamos com tudo o que temos e às vezes não sei se esse amor é quivalente ao tipo de dignidade que a gente desejaria que fosse. Não estamos tentando fazer você menos homem. Apenas queremos que vocês nos amem profundamente e completamente como amamos vocês''. 




VÍDEOS RECOMENDADOS

MAIS SOBRE MÚSICA