Diante da vitória de Donald Trump, Katy Perry convoca 'rebelião'

Pelo Twitter, estrela pop disse: ''nós nunca seremos silenciados''

por Estado de Minas 09/11/2016 17:31

INFORMAÇÕES PESSOAIS:

RECOMENDAR PARA:

INFORMAÇÕES PESSOAIS:

CORREÇÃO:

Preencha todos os campos.
Instagram/Reprodução
Katy Perry foi uma das celebridades que apoiou a candidatura de Hillary Clinton. (foto: Instagram/Reprodução)
 
 
Em meio às repercussões da vitória de Donald Trump na corrida pela Casa Branca, uma das celebridades mais entusiastas de Hillary Clinton, a cantora Katy Perry, usou o Twitter para lamentar o resultado e convocar uma rebelião. 

''Nós nunca seremos silenciados'', escreveu ela. ''A revolução está chegando''.  

De acordo com Katy, a revolução à qual ela se refere é contra as mensagens de ódio de Trump, que ao longo da campanha fez declarações machistas e xenofóbicas. 
 

''Não descansem. Não chorem. Movam-se. Nós não somos uma nação que irá deixar o ódio nos liderar'', finalizou. 

Depois do anúncio da vitória do candidato republicano, Katy Perry colocou imagens pretas em seu perfil na rede social, simbolizando o luto pelo resultado da eleição. Apesar disso, a cantora admitiu, durante uma festa de Hillary para acompanhar a apuração dos votos, que seus pais votaram em Donald Trump. 

Katy cresceu em uma família cristã e republicana. ''Mas querem saber de uma coisa? Ainda vamos sentar na mesma mesa no Dia de Ação de Graças. E, neste momento, precisamos lembrar que amamos nossos pais e nossos filhos'', disse. 


VÍDEOS RECOMENDADOS

MAIS SOBRE MÚSICA