Em programa de televisão, Karol Conka fala sobre o preconceito racial que sofreu na infância

''Meus pais me viram tentando 'descolorir' a pele com água sanitária', contou a cantora

por Estado de Minas 08/11/2016 13:00

INFORMAÇÕES PESSOAIS:

RECOMENDAR PARA:

INFORMAÇÕES PESSOAIS:

CORREÇÃO:

Preencha todos os campos.
GNT/Reprodução
Karol Conka participa do 'Saia Justa'. (foto: GNT/Reprodução)
Prestes a estreiar como apresentadora do Superbonita, no GNT, a cantora Karol Conka foi convidada a se juntar às apresentadoras do Saia justa.

Durante a entrevista, a cantora revelou, emocionada, o preconceito racial que sofreu quando ainda era criança, na escola, por seus colegas e até por professores.

 
''Meus pais me viram tentanto 'descolorir' a pele com água sanitária', reveleou Karol, que hoje é um ícone fashion e uma das cantoras mais notórias do Brasil. 

Ela ainda comentou que o preconceito era a grande causa da evasão de negros da escola. Ela afirma que aconteceu com seu pai e com sua tia, que por causa do racismo preferiram deixar a escola. 

Confira: 
 
 


VÍDEOS RECOMENDADOS

MAIS SOBRE MÚSICA