Filho de Samuel Rosa comemora show de abertura para o Skank, em BH

''Ficamos muito contentes com a recepção calorosa do público, cantaram até nosso single!', diz Juliano Alvarenga, vocalista da Daparte, criada em 2015 e que se apresentou junto aos mineiros no último sábado, 22

por Redação EM Cultura 24/10/2016 14:26

INFORMAÇÕES PESSOAIS:

RECOMENDAR PARA:

INFORMAÇÕES PESSOAIS:

CORREÇÃO:

Preencha todos os campos.
Weber Padua/Divulgação
Daparte estreia no BH Hall abrindo show para o Skank. (foto: Weber Padua/Divulgação)
 
 
No último sábado, 22, o Skank apresentou em Belo Horizonte, no BH Hall, o show que celebra os 20 anos do álbum O samba paconé. O show de abertura ficou a cargo da banda Daparte, formada por Juliano Alvarenga (voz e guitarra), João Ferreira (voz e guitarra), Túlio Lima (baixo e vocal), Bernardo Cipriano (teclado e vocal) e Daniel Fonseca (bateria).  

A banda foi formada no ano passado, e um dos integrantes tem uma ligação especial com os veteranos do Skank. O responsável pelos vocais e guitarras, Juliano Alvarenga, é o filho primogênito de Samuel Rosa e teve a oportunidade de dividir o palco com a banda de seu pai pela primeira vez.

 
''Foi uma experiência muito legal para a banda'', comenta Juliano, de 17 anos, que formou a Daparte quase de improviso, para se apresentar durante o St. Patrick's Day. ''Subir em um palco onde artistas como Ringo Starr, Robert Plant e muitos outros já fizeram shows foi muito honroso para a gente. Ainda mais acompanhados de uma das maiores bandas do Brasil'', declara, orgulhoso, reconhecendo a importância da banda liderada pelo pai.

Influenciada pelo Clube da Esquina e pelo Oasis, a Daparte teve o cuidado de selecionar as músicas pensando que, para boa parte do público, a banda é um nome ainda desconhecido. ''A gente preparou o repertório desse show com a intenção de mostrar para o público um pouco de nossas composições e influências musicais. Foram cinco músicas autorais e dois covers'', conta Juliano. A plateia, por sua vez, correspondeu e até cantou junto. ''Ficamos muito contentes com a recepção calorosa do público, cantaram até nosso single!''

O single em questão é Acidental, lançado na última segunda-feira, 17. Escrita pelo guitarrista João Ferreira, em parceria com Bruno Guzella, amigo da banda, a música deve integrar o primeiro trabalho de estúdio dos rapazes, um EP que deve ser gravado ainda neste ano e lançado no início de 2017. 

Samuel Rosa não é o tipo de pai que tenta direcionar o trabalho do filho, segundo Juliano. ''Meu pai não participa muito dos assuntos e decisões da banda. Vai em poucos shows, pelo fato de estar sempre viajando com o Skank, mas está sempre apoiando e incentivando.''

E se o sucesso estiver no sangue, a Daparte não deve se limitar à cena musical de BH por muito tempo.
 
Abaixo, confira o single Acidental
 
 
 
 


VÍDEOS RECOMENDADOS

MAIS SOBRE MÚSICA