'A purpurina é linda!': Uma conversa com Inês Brasil

Cantora e dançarina querida na internet apresenta-se nesta sexta (30) em BH

por Redação EM Cultura 30/09/2016 14:30

INFORMAÇÕES PESSOAIS:

RECOMENDAR PARA:

INFORMAÇÕES PESSOAIS:

CORREÇÃO:

Preencha todos os campos.

Instagram Inês Brasil/Reprodução
(foto: Instagram Inês Brasil/Reprodução )
 

 

No Instagram oficial de Inês Brasil existe uma foto que parece ser da juventude da cantora e dançarina. Com maquiagem discreta, ela segura um buquê de rosas e olha com doçura para quem quer que tenha tirado a fotografia. “Toda minininha [sic] na Alemanha”, aponta a legenda.

 

Inês prefere não revelar mais detalhes sobre a ocasião em que a foto foi tirada. “Não gosto de lembrar do passado. Meu peito era murcho”, ela diz. Atualmente, conta que está muito mais feliz. Especialmente nesta sexta (30), quando se apresenta na casa de shows Granfinos, em Belo Horizonte, Inês diz estar “maravilhosamente ótima”.

 

Apesar da recusa inicial em falar sobre o passado, ele é um dos temas que mais emergem em uma conversa com Inês Brasil. Um “francês loiro de olhos azuis”, com quem ela viveu na Alemanha, é citado constantemente.

 

E é inclusive quem a inspirou a escrever a sua música mais recente, Undererê. “Não te perco, amor, você nasceu pra mim / Me desculpe te querer, te bater, te humilhar / Já parei pra pensar, é ciúmes, vem cá / Para de blablablá, vamos nos mais amar / De hoje em diante eu te amo e vem cá”, diz a letra, inspirada nas tentativas de superação do ciúme da cantora durante o romance com o francês. “Onde tem ciúme tem amor”, ela reflete.

 

 

 

Quem aparece no clipe é o parceiro atual de Inês, Jefferson Pereira. “Eu conheci ele nas baladas e meu baby boy veio dançar comigo”, relembra ela. Jefferson também é assessor de imprensa da artista, honrando a tradição de Inês Brasil em reunir ao seu redor profissionais da família. Além dele, um sobrinho integra a assessoria. Antes, era a filha a intermediária com a mídia. “Porque, principalmente, a minha família estava precisando de trabalho”, explica.

 

“Graças a Deus”, “Fica com Deus” e “Deus é nosso pai” são as expressões que aparecem na fala de Inês não importa qual seja o assunto. “Eu não sou religiosa. Eu amo Deus”, ela explica. Em astrologia, ela acredita só um pouquinho. “Sexologia?”, confunde, primeiro.

 

“25 de dezembro”, diz, quando é questionada sobre a própria data de aniversário. “De outubro”, corrige, logo em seguida. Inês Brasil é de Escorpião, e, apesar de não acreditar completamente em horóscopo, pondera: “Tudo é questão de fé. E a fé move montanhas”.

 

O signo é conhecido pelo ânimo sexual. Se existe alguma verdade em astrologia, ela deu certo para Inês Brasil. “Eu sou uma mulher gay”, define. Segundo ela, “mulher gay” é aquela que gosta muito de sexo. “Eu gosto é de homem”, completa, “Com todo respeito às sapatão [sic]. No passado, já fui bissexual”.

 

O carinho pelo público LGBT é grande. “A purpurina é linda!”, ela diz.

 

A TV de Inês Brasil


O que ela pensa sobre tantas imagens de si mesma replicadas na internet? “Fotos”, corrige, em primeiro lugar, “Imagem, só de Deus”. Inês Brasil gosta bastante de se ver tão retratada na internet. Agradece até ao repórter pelas milhões de visualizações em seus vídeos.

 

Um deles é a participação da cantora em um teaser da série Orange is the new black, do serviço de streaming Netflix. No vídeo, divulgado em junho deste ano, Inês interage em um presídio com a protagonista da série, que ela mesma não assiste.

 

 

 

“Eu não gosto de mentira, não posso dizer que assisto”, ela afirma. Ela diz preferir se manter sempre fiel à verdade. “Quanto presidente, e gente que não é presidente, tá roubando”, diz, para justificar que não é uma dessas pessoas.

 

Apesar de não assistir a séries, Inês Brasil imagina roteiros de cinema. Conta a história completa do encontro entre um mafioso e uma prostituta, cujo discurso sobre Deus salvaria os dois da perdição e os transformaria em um casal vendedor de pipoca.

 

A fama de Inês na internet surgiu com um vídeo de 2013, em que ela tentava pela quinta vez participar do reality show Big Brother Brasil. Ela continua acompanhando o programa de casa. “Eu até assinei aquele negócio pra assistir o dia inteiro”, diz, referindo-se ao serviço de pay-per-view. Para quem estava torcendo? “É muita gente, eu não vou te enganar, mas quem ganhou mereceu, a Munik”.

 

 

 

Além da vencedora, Inês vibrava por pelo menos outros três participantes, inclusive para Renan, que, segundo ela, foi o homem mais bonito da última edição.

 

A conversa não pôde se estender muito mais, porque o almoço de Inês e o namorado tinha acabado de chegar no quarto do hotel. Na quinta-feira, véspera da apresentação em Belo Horizonte, Jefferson conta que ela lesionou a perna, mas Inês garante que está pronta para a pista nesta noite. “Quem canta, os males espanta”, afirma, “E hoje eu vou lá cantar”.

 

BUBBLES APRESENTA INÊS BRASIL

Granfinos, Av. Brasil, 326, Santa Efigênia, (31) 3241-1482 e (31) 3241-6127. Sexta, às 22h. A partir de R$ 25.



VÍDEOS RECOMENDADOS

MAIS SOBRE MÚSICA