Duo Assad faz única apresentação hoje em BH

Irmãos Sérgio e Odair Assad são os convidados da Orquestra de Câmara Sesiminas

por Walter Sebastião 03/08/2016 10:00

INFORMAÇÕES PESSOAIS:

RECOMENDAR PARA:

INFORMAÇÕES PESSOAIS:

CORREÇÃO:

Preencha todos os campos.

"É um honra receber o duo que é referência mundial em violão”, afirma Marco Antônio Maia Drumond, maestro da Orquestra de Câmara Sesiminas.


Ele se refere aos irmãos Sérgio e Odair Assad, convidados do concerto de hoje à noite, no Teatro Sesiminas. O programa terá peças de Tchaikovsky, Sérgio Assad, Astor Piazzolla e uma composição de Radamés Gnatalli dedicada ao Duo Assad.

Foi Marco Antônio quem sugeriu que uma sessão do concerto ficasse por conta dos irmãos. “Assim a gente aproveita ao máximo a música deles”, brinca, apontando o que fez a fama da dupla: “Técnica impecável, grande musicalidade e ecletismo de repertório. Eles tocam de tudo”.
Rodrigo Assad/Divulgação
Irmãos Assad ganharam de presente uma peça de Radamés Gnatalli (foto: Rodrigo Assad/Divulgação)

O regente elogia as décadas de atividade dos irmãos. “Tem muito valor a longa carreira do Duo Assad. Ainda mais no Brasil, onde as coisas não são nada fáceis”, observa. Os dois moram no exterior há tempos, mas sem perder os vínculos com o país natal, onde coordenam um festival de música.

Na primeira parte do concerto, o público ouvirá a Serenata para cordas em dó maior, op. 48, de Tchaikovsky. A segunda será dedicada à apresentação solo dos paulistas, interpretando composições de Sérgio Assad e de Astor Piazzolla. Orquestra e duo vão tocar o Concerto para dois violões, de Radamés Gnatalli.

Drumond diz que a peça de Tchaikovsky é uma das obras mais executadas por grupos de câmara. “Ela exige performance de alta qualidade, pois coloca desafios aos intérpretes”, lembra. Este ano, a Orquestra de Câmara Sesiminas está completando três décadas de atividades ininterruptas. O grupo fez mais de 1 mil concertos.

DUO ASSAD E ORQUESTRA DE CÂMARA SESIMINAS

Teatro Sesiminas. Rua Padre Marinho, 60, Santa Efigênia, (31) 3241-7181. Hoje, às 20h. R$ 30 (inteira) e R$ 15 (meia-entrada).

VÍDEOS RECOMENDADOS

MAIS SOBRE MÚSICA