Temple of the Dog, banda que deu origem ao Pearl Jam, se reúne 25 anos depois

Os ingressos para os únicos cinco shows - na Filadélfia, Nova York, São Francisco, Los Angeles e Seattle - serão vendidos a partir do próximo dia 29

por Redação EM Cultura 20/07/2016 19:04

INFORMAÇÕES PESSOAIS:

RECOMENDAR PARA:

INFORMAÇÕES PESSOAIS:

CORREÇÃO:

Preencha todos os campos.
Facebook/Reprodução
(foto: Facebook/Reprodução)
Temple of the Dog, a banda que deu origem ao Pearl Jam, voltará a fazer shows este ano. O anúncio foi feito hoje, dia 20, na página do grupo no Facebook. São apenas cinco datas em novembro, todas nos Estados unidos: dias 4 (Filadélfia), 7 (Nova York), 11 (São Francisco), 14 (Los Angeles) e 20 (Seattle). Os ingressos serão vendidos a partir do próximo dia 29.

O grupo, formado em Seattle, nos Estados Unidos, em 1990, surgiu em razão de tributo ao cantor Andrew Wood, do Mother Love Bone, morto no mesmo ano por overdose de heroína. Chris Cornell (vocalista), Matt Cameron (bateria), Stone Gossard (guitarra), Jeff Ament (baixo) e Mike McCready (guitarra) lançaram apenas um disco, 'Temple of the Dog', em 1991.
Cornell e Cameron já eram membros do Soundgarden na época, enquanto Gossard e Ament haviam acabado de encerrar as atividades do Mother Love Bone em função da morte do líder da banda. Eddie Vedder, que viria a ser líder do PJ no ano seguinte, contribuiu com backing vocals e dividiu o microfone com Cornell na faixa 'Hunger Strike', hit do álbum.

No site (http://www.templeofthedog.com/) da banda é possivel encontrar, além de informações sobre a reunião, novas edições do álbum, incluindo uma com com dois CDs, um DVD e um Blu-Ray. Prato cheio para os fãs, com faixas inéditas, novas mixagens, demos e vídeos raros. Há, ainda, opções do relançamento em vinil.

VÍDEOS RECOMENDADOS

MAIS SOBRE MÚSICA