Em Lisboa, AC/DC faz primeiro show com Axl Rose no vocal

Cantor Brian Johnson foi substituído por causa de graves problemas auditivos. Axl será o vocalista do grupo em outros onze shows programados na Europa

por Estado de Minas 07/05/2016 19:25

INFORMAÇÕES PESSOAIS:

RECOMENDAR PARA:

INFORMAÇÕES PESSOAIS:

CORREÇÃO:

Preencha todos os campos.
AFP / PATRICIA DE MELO MOREIRA
Axl Rose se apresenta sentado com o AC/DC neste sábado em Lisboa, Portugal (foto: AFP / PATRICIA DE MELO MOREIRA )

A capital portuguesa recebeu noite deste sábado o primeiro show da banda de hard rock AC/DC com Axl Rose, do Guns N' Roses, no vocal. A banda australiana tocou hits como Highway to Hell, Back in Black e Me All Night Long. Com o pé quebrado, Axl cantou sentado em uma cadeira. O vocalista Brian Johnson foi afastado pelos médicos por causa de graves problemas auditivos.

Em entrevista à rede de TV inglesa BBC, Axl Rose disse que está “muito feliz, mas acho que seria inapropriado celebrar, de certa forma, as custas de outra pessoa". A confirmação do nome de Axl Rose pelo AC/DC causou muita insatisfação entre os fãs. Na Bélgica, sete mil pessoas pediram a devolução do ingresso tão logo o anúncio foi feito pela banda.

AFP / PATRICIA DE MELO MOREIRA
Axl Rose e Angus Young do AC/DC se apresentam em Lisboa (foto: AFP / PATRICIA DE MELO MOREIRA )

Ele será o vocalista do grupo em outros onze shows programados na Europa. Em Lisboa, o grupo publicou no Facebook alguns vídeos de bastidores dos ensaios. Em um deles, o líder do Guns N’ Roses aparece ao lado do guitarrista Angus Youngs e do baixista Cliff Williams para fazer um convite ao público. Em poucas palavras, Axl se dizia muito “exitado e empolgado” para o show deste sábado.


Desafio A substituição do líder do grupo australiano, anunciada em meados de abril, surpreendeu todos os seus seguidores. Os médicos advertiram o cantor um mês antes que poderia ficar surdo se continuasse se apresentando, o que obrigou o AC/DC a adiar uma série de shows nos Estados Unidos. Axl Rose, de 54 anos, estreou no Passeio Marítimo de Algés, um imenso espaço ao ar livre no estuário do Tejo, na capital portuguesa, onde eram esperados até 60.000 espectadores. A banda tem outros onze show programados na Europa.

AFP / PATRICIA DE MELO MOREIRA
(foto: AFP / PATRICIA DE MELO MOREIRA )

Brian Johnson "é um grande cantor, é um verdadeiro desafio" cantar em seu lugar. "Tento fazer jus a ele, para os fãs", afirmou Axl Rose em uma entrevista divulgada na sexta-feira na rádio britânica BBC 6 Music. O cantor afirma que foi ele quem se propôs a ajudar: "Telefonei no mesmo dia em que li na imprensa que algo não ia bem com a audição de Brian".

Para Johnson, que entrou no AC/DC em 1980, após a morte do cantor Bon Scott, é um golpe muito duro. "Este foi o dia mais obscuro de minha vida profissional", declarou em uma mensagem para seus fãs.


Conhecido por sua voz aguda e suas atuações onde coloca à prova suas cordas vocais, Johnson, de 68 anos, afirmou que seguiria gravando em estúdio. Seu substituto apareceu na quinta-feira em um vídeo ao lado do co-fundador do AC/DC, Angus Young, e do baixista Cliff Williams, prometendo ao público português "um grande show de rock". (Com agências)

VÍDEOS RECOMENDADOS

MAIS SOBRE MÚSICA