Espólio de Prince deve ser dividido entre seus seis irmãos

Cantor provavelmente não deixou nenhum testamento, diz site

por Agência Estado 26/04/2016 11:05

INFORMAÇÕES PESSOAIS:

RECOMENDAR PARA:

INFORMAÇÕES PESSOAIS:

CORREÇÃO:

Preencha todos os campos.

Prince fez uma fortuna de centenas de milhões de dólares - para gravadoras, locais de shows, e outros. O que não está claro é o quanto ele deixou para trás e quem vai reivindicar os valores.

Menos de uma semana depois que o pop star morreu, e que o luto e nostalgia fizeram os fãs comprarem 2,3 milhões de suas músicas em três dias, ainda não é certo se ele deixou um testamento, ou quem vai cuidar de seu espólio daqui pra frente.
Reuters/Divulgação
Prince em apresentação em Abu Dhabi em 2010 (foto: Reuters/Divulgação)

Segundo o site de celebridades TMZ, não existe um testamento, e quem ficaria com a fortuna seriam seus seis irmãos. Fontes próximas ao cantor disseram ao site que Prince nunca teve interesse em fazer um testamento.


Segundo a lei do estado de Minnesota, quem dividiria o espólio então seriam seus parentes mais próximos, no caso, os irmãos.


O TMZ diz que o valor gira em torno de US$ 150 milhões.
L. Londell McMillan, um advogado e antigo empresário de Prince, não quis comentar as informações. "Quero fazer com que seu legado seja respeitado e protegido", disse. McMillan era também advogado de Michael Jackson e atuou na divisão do espólio, bem como nos de Notorious B.I.G. e Sammy Davis Jr.

Prince vendeu mais de 100 milhões de álbuns durante sua vida, de acordo com a Warner Music.


A revista Pollstar, especializada na indústria de shows, disse que nos anos em que suas turnês eram as mais procuradas, ele chegou a arrecadar US$ 225 milhões em bilheteria - e claro que apenas uma parte desse valor ia para suas mãos.

VÍDEOS RECOMENDADOS

MAIS SOBRE MÚSICA