Ringo Starr cancela show na Carolina do Norte por causa de lei contrária aos direitos LGBT

Ex-baterista dos Beatles se junta a Bruce Springsteen e Bryan Adams em boicote à decisão da justiça local

por Estado de Minas 14/04/2016 15:27

INFORMAÇÕES PESSOAIS:

RECOMENDAR PARA:

INFORMAÇÕES PESSOAIS:

CORREÇÃO:

Preencha todos os campos.
Facebook / Reprodução
O beatle se manifestou sobre o caso no Facebook (foto: Facebook / Reprodução)
Ringo Starr anunciou que não fará o show marcado para o dia 18 de junho na cidade de Carry, na Carolina do Norte. A apresentação fazia parte da turnê All Starr que o artista faz pelos Estados Unidos. O motivo do cancelamento foi uma lei recentemente sancionada pela côrte local que limita outras leis contra a discriminação sexual. Outros artistas como Bruce Springsteen e Bryan Adams já haviam adotado postura semelhante.

Em sua página oficial no Facebook, o beatle disse: “Lamento desapontar meus fãs na área, mas precisamos tomar uma posição contra este ódio. Espalhe amor e paz. Esta lei abre a porta a discriminação para todo lado, limitando leis anti-discriminação contra as pessoas com base em sua orientação sexual ou identidade de gênero”. Ele finalizou o comunicado com o verso “All we need is love”, um dos mais famosos dos Beatles, que na tradução quer dizer “tudo o que precisamos é amor”.

Conhecida também como ‘’Lei do banheiro’’, a lei HB2, sancionada em março deste ano, impõe uma série de restrições aos direitos humanos em geral no estado da Carolina do Norte, como a obrigação do uso de banheiros públicos de acordo com o sexo de nascimento, o que vai na contramão das conquistas da população LGBT, por exemplo.

VÍDEOS RECOMENDADOS

MAIS SOBRE MÚSICA