Streaming impulsiona as vendas de música pela primeira vez desde 1998

Dados foram divulgados pela Federação Internacional da Indústria Fonográfica

por AFP 12/04/2016 16:33

INFORMAÇÕES PESSOAIS:

RECOMENDAR PARA:

INFORMAÇÕES PESSOAIS:

CORREÇÃO:

Preencha todos os campos.
Youtube / Apple / Spotify / Tidal / Reprodução
Aplicativos como Spotify e Tidal são alguns dos principais serviços de streaming musical do planeta (foto: Youtube / Apple / Spotify / Tidal / Reprodução)
A música em streaming impulsou as vendas mundiais de música em 2015 pela primeira vez desde 1998, anunciou nesta terça-feira a Federação Internacional da Indústria Fonográfica (IFPI).As vendas mundiais de música em geral e em streaming aumentaram 3,2% em 2015 para alcançar os 15 bilhões de dólares, devido a um forte crescimento de assinatura nos serviços em streaming, segundo a IPFI.

É a primeira vez que as vendas aumentam mais que marginalmente desde 1998, quando cresceram 4,8% em relação a 1997. Também é a primeira vez que a música online representa nas vendas uma parte mais importante (45%) que a música com suporte físico (39%).

As vendas de música ficaram um terço abaixo das que foram registradas no final da década de 1990, quando os admiradores de música começaram a ouvir suas canções favoritas nos sites na internet, incluindo de forma ilegal. Segundo a IFPI, 68 milhões de pessoas em todo o mundo assinam algum serviço de música online, frente aos 8 milhões que o fizeram em 2010, quando começaram a ser feitas estas estatísticas.

VÍDEOS RECOMENDADOS

MAIS SOBRE MÚSICA