Bruce Springsteen cancela show devido à lei antigay no estado da Carolina do Norte

Apresentação aconteceria na cidade de Greensboro. "Algumas coisas são mais importantes do que um show de rock", disse o músico

08/04/2016 18:25

INFORMAÇÕES PESSOAIS:

RECOMENDAR PARA:

INFORMAÇÕES PESSOAIS:

CORREÇÃO:

Preencha todos os campos.
Jamie McCarthy/Getty Images/AFP
Cantor disse que a lei é uma "tentativa de barrar o progresso" (foto: Jamie McCarthy/Getty Images/AFP)
Bruce Springsteen anunciou nesta sexta-feira o cancelamento de um show que faria em Greensboro, na Carolina do Norte, neste domingo. O cantor disse que tomou essa atitude em protesto contra uma polêmica lei conhecida como HB2, que obriga que as pessoas usem banheiros públicos de acordo com o sexo de nascimento. "A lei indica quais banheiros os transgêneros estão autorizados a usar. Além disso, o texto também ataca os direitos dos cidadãos LGBT de processar quando os direitos humanos são violados em seu local de trabalho", afirmou o cantor em comunicado oficial. A nota diz ainda que a lei é uma tentativa de barrar o progresso. "É uma tentativa de pessoas que não suportam o avanço que nosso país tem feito no reconhecimento dos direitos humanos de todos os nossos cidadãos para barrar esse progresso", afirma Springsteen. O cantor pediu desculpas aos fãs, mas disse que "algumas coisas são mais importantes do que um show de rock, e a luta contra o preconceito e intolerância é uma delas". A lei foi promulgada pelo governador republicano Pat McCrory no dia 23 de março e também proíbe cidades da Carolina do Norte de redigir suas próprias leis. O texto causou revolta entre membros da comunidade LGBT americana. O público que comprou ingresso para o show poderá reaver o dinheiro.

VÍDEOS RECOMENDADOS

MAIS SOBRE MÚSICA