Renato Caetano apresenta projeto com músicas dos Beatles tocadas na viola caipira

Músico se apresenta em BH nesta quinta-feira, no Teatro Bradesco. Trabalho promove encontro do som urbano dos Beatles com o rural da viola caipira

06/04/2016 19:17

INFORMAÇÕES PESSOAIS:

RECOMENDAR PARA:

INFORMAÇÕES PESSOAIS:

CORREÇÃO:

Preencha todos os campos.

Renato Caetano/Divulgação
(foto: Renato Caetano/Divulgação)

O violeiro Renato Caetano fará um show único em Belo Horizonte de seu projeto “As dez cordas de Liverpool”, no qual toca músicas dos Beatles com viola caipira. Inspirado na banda inglesa, o músico transcreveu as partituras de grandes hits para a viola de dez cordas. A apresentação ocorro no dia 7 de abril, às 20h30, no Teatro Bradesco. O show conta com a participação de Geraldo Viana no violão e de Renato Savassi, nas flautas.

O músico trabalha no sentido de colocar a viola em meio ao meio do rock, criando uma sonoridade única. Neste trabalho Renato Caetano apresenta uma nova roupagem a um instrumento que sempre foi caipira. E oferece aos Beatles uma nova sonoridade, bem mineira, a da viola caipira.

A ideia é promover o encontro entre o urbano do som dos Beatles com o rural da viola de dez cordas, provando que a viola não atua somente no cenário caipira. O músico passeia pelo repertório da segunda fase dos Fab Four, em uma apresentação instrumental solo com arranjos próprios, elaborados e virtuosos.

As dez cordas de Liverpool
7 de abril – quinta-feira
Horário: 20h30
Classificação: livre
Ingressos:R$20 (inteira) e R$10 (meia)

Horário de funcionamento da bilheteria: de segunda a sábado, das 12h às 20h; e domingo, das 12h às 19h. A bilheteria funciona até 30 minutos depois do início do espetáculo. Formas de pagamento: dinheiro, todos os cartões de débito e crédito. Horário de abertura da plateia para entrada do público: 30 minutos antes do horário da apresentação.
Mais informações: (31) 3516-1360.
Estacionamento com acesso interno: entrada pela rua da Bahia, ao lado do Teatro. Após estacionar o veículo, o usuário chega ao Teatro por elevador interno, com rapidez.

VÍDEOS RECOMENDADOS

MAIS SOBRE MÚSICA