Spotify alcança acordo sobre direitos autorais

Líder mundial de música on-line está a um passo para evitar eventuais ações judiciais no futuro

por AFP 18/03/2016 11:45

INFORMAÇÕES PESSOAIS:

RECOMENDAR PARA:

INFORMAÇÕES PESSOAIS:

CORREÇÃO:

Preencha todos os campos.
NOVA YORK - Spotify, líder mundial de música on-line (streaming), chegou nesta quinta-feira (17) a um acordo sobre o pagamento de direitos autorais nos Estados Unidos, um passo para evitar eventuais ações judiciais no futuro.

MIXME/Divulgação
A estrela Taylor Swift teve problemas com o Spotify e chegou a retirar suas músicas da plataforma (foto: MIXME/Divulgação)

O acordo, anunciado em um comunicado conjunto de Spotify e da Associação Nacional Discográfica, que defende os detentores de direitos autorais nos Estados Unidos, "é um passo crucial para melhorar a transparência no mundo da música e garantir que os compositores recebam seus direitos autorais".

Uma fonte ligada às negociações informou à AFP que os direitos autorais não pagos somam US$ 16 milhões, aos quais a Spotify agregaria mais cinco milhões.O acordo estabelece que cada autor ou selo que tenha alguma de suas canções distribuída pela plataforma sem pagamento poderá solicitar uma indenização.


Até o momento, o Spotify afirmava não ter as informações necessárias para identificar autores e selos para o pagamento dos direitos autorais.


POLÊMICA

Lembrando que uma das maiores estrelas pop da atualidade, Taylor Swift retirou todas suas músicas do Spotify antes de lançar álbum

Cantores e bandas, incluindo Beyoncé e Coldplay, já chegaram a atrasar o lançamento de seus discos no Spotify para dar às lojas varejistas uma janela exclusiva para vender seus trabalhos, mas Swift tomou uma atitude incomum de retirar todas as suas músicas do serviço.

VÍDEOS RECOMENDADOS

MAIS SOBRE MÚSICA