Anthrax abre show do Iron Maiden em BH

Banda norte-americana está completando 35 anos e apresenta novo disco

por Mariana Peixoto 18/03/2016 08:59

INFORMAÇÕES PESSOAIS:

RECOMENDAR PARA:

INFORMAÇÕES PESSOAIS:

CORREÇÃO:

Preencha todos os campos.
Rápido, sujo e alto, muito alto. Histórica formação do thrash metal que explodiu na década de 1980, o Anthrax desembarca em Belo Horizonte no início das comemorações de seus 35 anos de formação. Para a abertura do Iron Maiden, chega já chutando a porta.

Traz na bagagem seu novo álbum, For all kings, lançado em fevereiro. O vocalista Joey Belladonna promete pelo menos duas faixas desse disco, Breathing lightning e Evil twin.

“Não digo que seja um álbum diferente do que já fizemos, mas o som está revigorado e forte, dialoga com o que já fizemos. Amo nossos dois últimos discos (o anterior é Workship music, de 2011). Acho que o som deles traduz o nosso melhor”, comenta.
Maximiliano Luna/TelaM/AFP
Anthrax promete tocar ao menos duas músicas de seu novo disco, For all kings, em BH (foto: Maximiliano Luna/TelaM/AFP)

Belladonna já foi e voltou ao Anthrax algumas vezes. Grupo formado em Nova York pelo guitarrista Scott Ian e o baixista Dan Lilker, é considerado um dos quatro grandes do thrash metal (junto ao Metallica, Megadeth e Slayer).

O vocalista é integrante da formação clássica, que durou até o início dos anos 1990. Deixou o Anthrax em 1992, voltando somente em 2005, para uma turnê. O retorno definitivo foi há seis anos.

“O que posso dizer sobre isso é que hoje estamos melhores e maiores. E mais maduros também. No começo, não tinha ideia direito do que fazia. Hoje, tanto eu quanto a banda estamos mais confortáveis.”

Com Belladonna, o Anthrax esteve duas vezes no Brasil. O cantor, que fez carreira solo quando deixou o grupo, é fã de rock clássico. Em casa, é vocalista e baterista da banda cover Chief Big Way.

Depois de 30 anos em meio ao metal, ele admite: “Hoje, são tantos estilos e categorias que nem sei o que significam. Pegamos influências de vários estilos, mudamos, mas sem dúvida continuamos sendo uma banda de thrash metal”.

VÍDEOS RECOMENDADOS

MAIS SOBRE MÚSICA