'Ele nos ensinou a ouvir o Brasil', diz Ministro da Cultura sobre Naná Vasconcelos

Juca Ferreira emitiu nota de pesar pela morte do músico e saudou ainda a genialidade do artista

por Diário de Pernambuco 09/03/2016 14:32

INFORMAÇÕES PESSOAIS:

RECOMENDAR PARA:

INFORMAÇÕES PESSOAIS:

CORREÇÃO:

Preencha todos os campos.

Hesiodo Goes/DP
Percussionista foi o mestre de cerimônia da abertura do carnaval 2016, em Recife (foto: Hesiodo Goes/DP)
Mais personalidades culturais engrossam a lista de homenagens ao percussionista pernambucano Naná Vasconcelos, falecido na manhã desta quarta-feira, 9. O Ministro da Cultura Juca Ferreira emitiu nota de pesar pela morte de Naná. Ele saudou ainda a genialidade do artista: "Ele nos ensinou a ouvir o Brasil".

 

Confira a nota na íntegra: "Naná Vasconcelos nos ensinou a ouvir o Brasil. Nos trouxe de volta um País profundo, refugiado em nossas memórias de infância. Toda a sua obra como artista está impregnada de referências que são parte essencial do nosso modo de ser e de sentir. Naná nos trouxe para mais perto de uma boa porção da África, de onde vem grande parte dos fundamentos de sua música. Naná foi tão fundo em sua pesquisa musical que também nos aproximou mais ainda da África, promovendo como poucos o intercâmbio musical com ela. Sua música é a música da voz, do corpo e dos inúmeros instrumentos que dominou com tanta perfeição. Devemos registrar que em seu campo musical Naná é um dos maiores do mundo. Foram muitos os serviços que prestou à cultura brasileira.

 

Naná Vasconcelos morreu às 7h39 da manhã desta quarta, após mais de uma semana internado. O músico tratava a doença desde 2015, quando chegou a se submeter a sessões de quimioterapia. Na época, Naná enfrentou a situação com bom humor, e gravou vídeo com poesia. O velório terá início às 14h, na Assembleia Legislativa de Pernambuco, na Boa Vista. O sepultamento foi confirmado para o cemitério de Santo Amaro, às 10h desta quinta-feira, 10.

 

 



VÍDEOS RECOMENDADOS

MAIS SOBRE MÚSICA