Compositores de música sertaneja se destacam agora como intérpretes

Conheça mais sobre Zé Neto & Cristiano, Marília Mendonça, Matheus & Kauan, Maiara & Maraisa e Paula Mattos

por Adriana Izel 07/03/2016 10:06

INFORMAÇÕES PESSOAIS:

RECOMENDAR PARA:

INFORMAÇÕES PESSOAIS:

CORREÇÃO:

Preencha todos os campos.

MS Assessoria/Divulgação,  Reprodução/Facebook, Objetiva Comunicação/Divulgação, Universal Music/Divulgação e Assessoria Maiara & Maraisa/Divulgação
(foto: MS Assessoria/Divulgação, Reprodução/Facebook, Objetiva Comunicação/Divulgação, Universal Music/Divulgação e Assessoria Maiara & Maraisa/Divulgação)
Grande parte dos sucessos da música sertaneja ficaram conhecidos pelas vozes de artistas que não são os compositores das faixas. É o caso de músicas como Tudo o que você quiser, hit de Luan Santana composto por Matheus Aleixo, da dupla Matheus & Kauan; Calma, single de Jorge & Mateus escrito por Marília Mendonça; Jogando em um bar, sucesso de Humberto & Ronaldo com letra de Zé Neto & Ricardo; Cuida bem dela, consagrada por Henrique & Juliano de autoria das irmãs Maiara & Maraisa; e Doidaça, de Gusttavo Lima feita por Paula Mattos.

Exemplos como esses são inúmeros em diferentes estilos. No entanto, na vertente caipira, os jovens compositores desencadearam uma tendência: eles estão deixando de ser apenas donos das canções, para se tornarem intérpretes. Eles se apoiam no sucesso de suas composições para seguir suas próprias carreiras. Conheça a seguir quem são esses artistas.

Zé Neto & Cristiano

A dupla criada em 2011 em Goiânia é formada por José Toscano Martins Neto, o Zé Neto, e Irineu Táparo Vaccari, o Cristiano. Desde muito pequenos, os jovens, que eram vizinhos, já cantavam. Cristiano fazia parte de um coral gospel e Zé Neto sempre esteve envolvido com o sertanejo. Há cinco anos, Zé Neto fez a proposta para que Cristiano se tornasse a segunda voz. Antes de se lançar como cantores, Zé Neto e Cristiano já escreviam músicas sertanejas. “Zé Neto sempre escreveu mais. No início, eu era meio preguiçoso, ele que me chamava e eu acabei entrando nesse ramo também”, lembra Cristiano.

 

 

 

Paula Mattos

A mato-grossense Paula Mattos é outro nome forte quando o assunto é composição. Ela começou a escrever suas faixas aos 15 anos e é dona dos hits de vários cantores. Em seu currículo estão canções de sucesso de Luan Santana, Gusttavo Lima, Thaeme & Thiago, Munhoz & Mariano, Marcos & Belutti e Zé Felipe. Desde o ano passado, Paula decidiu sair de trás das cortinas para assumir a liderança da carreira e realizar um sonho antigo, o de se tornar cantora. Em 2015, ela lançou o CD e DVD Acústico Paula Mattos com composições próprias e algumas faixas de outros compositores.

 

 

 

Marília Mendonça


O contato da goiana Marília Mendonça com a música foi por meio da música gospel. A partir do canto na igreja, se interessou por música e passou a escrever letras de faixas sertanejas. Com apenas 20 anos, seus primeiros trabalhos foram escritos aos 12 anos e, aos 15, teve a música Crime perfeito gravada por Fred & Gustavo. “Comecei aos 12 anos, mas não mostrava para ninguém. A procura começou logo depois do sucesso da música Até você voltar na voz de Henrique & Juliano. Foi o divisor de águas”, comenta.
 
 
 
Matheus & Kauan


Naturais de Itapuranga, Goiás, os irmãos Matheus & Kauan estão no mercado desde 2012, quando ficaram conhecidos graças a uma composição para o festival Caldas Country. Mas, antes disso, principalmente Matheus, tinha seu nome ligado a composições, escrevendo para Luan Santana (Tudo o que você quiser), João Neto & Frederico (Coração pede carona), Israel & Rodolffo (Frio e calor), Henrique & Diego (As coisas vão e vem), Jorge & Mateus (Na hora que você chamar) e Michel Teló (Jurerê). “A gente sempre está fazendo música. Eu e Matheus somos acelerados, compomos todos os dias na estrada”, explica Kauan.
 
 
 
Maiara & Maraisa

Desde pequenas, as irmãs gêmeas Maiara & Maraisa cantavam. Elas subiram ao palco pela primeira vez aos 5 anos em um festival da canção e também foi cedo que a veia de compositoras apareceu. As mato-grossenses escreveram músicas como Prisão sem grade (Jorge & Mateus), Cuida bem dela (Henrique & Juliano) e Caso indefinido (Cristiano Araújo).
 
 

VÍDEOS RECOMENDADOS

MAIS SOBRE MÚSICA