Relembre discos nacionais que completam 20 anos em 2016

Além do icônico Afrociberdelia, de Chico Science & Nação Zumbi, outros discos clássicos completam duas décadas desde o lançamento

por Diário de Pernambuco 25/02/2016 10:55

INFORMAÇÕES PESSOAIS:

RECOMENDAR PARA:

INFORMAÇÕES PESSOAIS:

CORREÇÃO:

Preencha todos os campos.

Chico Science durante show em 1994
Gil Vicente/Arquivo Pessoal (foto: Chico Science durante show em 1994)

É um ano de celebrações para o Manguebeat. Além dos 50 anos de nascimento de Chico Science (morto em 1997), a Nação Zumbi celebra ainda os 20 anos do álbum Afrociberdelia, que apresentou um som mais pop e experimental do grupo. Foi o disco que rendeu ao grupo o mais próximo de um hit comercial até hoje, a regravação de Maracatu atômico, de Jorge Mautner. O disco será revisitado pela Nação em show ainda sem data e local, mas que está anunciado para maio, no Recife.

Além de Afrociberdelia, no entanto, outros discos importantes do rock brasuca celebram duas décadas de lançamento neste ano, desde o pop rock do Skank até o thrash metal do Sepultura. Não se sabe ainda se esses discos ganharão reedições ou turnês comemorativas. O Viver lista alguns. Confira:

Sepultura - Roots

O disco que polarizou os fãs da banda de metal mineira Sepultura. A banda mistura o som pesado dos primeiros anos com uma sonoridade mais tribal, com muitos tambores e percussão (influência da Nação Zumbi?). Conta ainda com participação especial de Carlinhos Brown na faixa Ratamahatta. O álbum é citado como influência por músicos internacionais como Mike Patton e a banda Korn.

Mundo Livre S/A - Guentando a ôia


Lançado dois anos após Samba esquema noise, mostra o lado mais cru e punk de Fred 04 e banda. É considerado pelos fãs uma volta às origens. Inclui músicas como Free world, Seu suor é o melhor de você e Destruindo a camada de ozônio, com participação de Chico Science.

Skank - O samba poconé

A banda de pop/reggae mineira já tinha estourado em 1994, com Calango, mas foi este disco que projetou o grupo ao estrelato. Só para se ter uma ideia do desfile de hits, o disco conta com É uma partida de futebol, Zé Trindade, Garota nacional e Tão seu.

O Rappa - Rappa Mundi

Após um primeiro disco sem muita repercussão, em 1994, a banda carioca liderada por Marcelo Falcão lança Rappa Mundi, até hoje um dos mais ecléticos da discografia. Tem reggae, rock, dub, e até cover de Jimi Hendrix. Os hits incluem A feira, Pescador de ilusões, Hey Joe e Vapor barato.

Legião Urbana - A tempestade ou O livro dos dias

Penúltimo disco da carreira da banda, foi o último lançado antes do falecimento de Renato Russo, no mesmo ano. O estado de saúde do cantor, debilitado pela Aids, se reflete nas letras, intimistas e melancólicas.

 

VÍDEOS RECOMENDADOS

MAIS SOBRE MÚSICA