Celso Alvim, regente do Monobloco, ministra oficina de percussão neste sábado em BH

Aula promovida pelo bloco de carnaval Unidos do Samba Queixinho é aberta ao público geral e custa R$35. O monobloco faz show também neste sábado, no Parque das Mangabeiras

por Carolina Mansur 24/02/2016 13:00

INFORMAÇÕES PESSOAIS:

RECOMENDAR PARA:

INFORMAÇÕES PESSOAIS:

CORREÇÃO:

Preencha todos os campos.

Divulgação
Celso Alvim, regente do Monobloco, ministra oficina de percussão em BH (foto: Divulgação)
O Unidos do Samba Queixinho, escola de samba de rua que desfilou por Belo Horizonte no carnaval, recebe neste sábado o regente do Monobloco Celso Alvim, e mostra que a folia ainda não acabou. O encontro que promoverá uma oficina para integrantes e para o público de um modo geral reforça a campanha do Queixinho para tornar a festa viva o ano todo, e marca o início dos ensaios da bateria.

Durante a aula, que acontece no Parque Ecológico da Pampulha, das 13h às 16h, o professor vai apresentar as noções sobre vários instrumentos da bateria. Entre eles, a caixa, surdo, agogô, tamborim e repinique. A oficina tem 40 vagas e as inscrições podem ser feitas até esta quinta-feira por e-mail (unidossambaqueixinho@gmail.com). Para participar, é preciso desembolsar R$ 35 e levar os próprios instrumentos.

 

SHOW Também neste sábado o grupo Monobloco se apresenta no Parque das Mangabeiras. A festa conta ainda com shows de Carrossel de Emoções, Orquestra Royal e DJs Jaka, Eddy Alves e Zeu. Os ingressos para a pista, gratuitos, já estão esgotados, mas quem quiser participar ainda pode comprar as entradas Premium, que custam a partir de R$60, pelo site: www.sympla.com.br/sambadaquadra

VÍDEOS RECOMENDADOS

MAIS SOBRE MÚSICA