Marchinha 'Não enche o saco do Chico' é vice-campeã em concurso nacional no RJ

Composição de Marcos Frederico e Vitor Velloso ganhou o Concurso de Marchinhas Mestre Jonas e voltou a brilhar no evento promovido pela Fundição Progresso

por Estado de Minas 07/02/2016 20:11

INFORMAÇÕES PESSOAIS:

RECOMENDAR PARA:

INFORMAÇÕES PESSOAIS:

CORREÇÃO:

Preencha todos os campos.

Ramon Lisboa / E.M/DAPress
O compositor Marcos Frederico, o cantor Marcelo Veronez e o compositor Vitor Velloso durante o Concurso de Marchinha Mestre Jonas em BH (foto: Ramon Lisboa / E.M/DAPress)
A marchinha mineira Não enche o saco do Chico foi a vice-campeã do Concurso Nacional de Marchinhas da Fundição Progresso, do Rio de Janeiro. No concurso carioca, a representante de Belo Horizonte recebeu 8.767 votos. Foram apenas 572 votos de diferença em relação ao primeiro colocado, Cai cai cai do Jedi, de Pedro Ivo e Daniel Pereira.

A composição de Marcos Frederico e Vitor Velloso foi a ganhadora do Concurso de Marchinhas Mestre Jonas em Belo Horizonte, no último dia 30 de janeiro.

 

A votação aconteceu entre os dias 29 de janeiro e 6 de fevereiro no site do concurso. O resultado foi divulgado durante um baile carnavalesco na noite de sábado (06). Este ano o evento promovido há 11 anos pela Fundição Progresso teve 860 músicas inscritas. Em 2016,  Noel Rosa, autor de “Pierrô Apaixonado” (com Heitor dos Prazeres), “As Pastorinhas” (com João de Barro), entre outros clássicos é o homenageado.

Não enche o saco do Chico, faz referência aos insultos de antipetistas direcionados a Chico Buarque na saída de um restaurante na Zona Sul carioca. “Se encontrar o Chico na rua/ e não tiver nada para fazer/ talvez seja melhor ficar na sua/ ou achar outro saco pra encher”, diz a letra.

 

 

VÍDEOS RECOMENDADOS

MAIS SOBRE MÚSICA