Concurso de Marchinhas Mestre Jonas revela o talento humorístico do mineiro

Faltando uma semana para o Carnaval, a folia já começou em Belo Horizonte

por Carolina Braga 29/01/2016 08:00

INFORMAÇÕES PESSOAIS:

RECOMENDAR PARA:

INFORMAÇÕES PESSOAIS:

CORREÇÃO:

Preencha todos os campos.
Ramon Lisboa/EM/D.A Press
Seletiva do Concurso de Marchinhas Mestre Jonas, na semana passada, virou baile de carnaval no Mercado Distrital do Cruzeiro (foto: Ramon Lisboa/EM/D.A Press)

Foi praticamente aos 45 minutos do segundo tempo que os compositores Pedro Oliveira e Helton Lima conseguiram achar o mote ideal para se inscrever no Concurso de Marchinhas Mestre Jonas. “Chega novembro, dezembro, e a gente já fica esperando o tema, pois o Brasil é assim: sempre tem assunto para fazer uma brincadeira”, diz Oliveira, um dos autores de Prefeito, libera o cooler!, finalista da edição deste ano.

A campeã entre as 10 marchinhas selecionadas será anunciada neste sábado à noite, no Distrital do Cruzeiro. Será um baile à antiga e a proposta é todo mundo comparecer fantasiado. As concorrentes serão apresentadas em sequência pela banda liderada pelo sambista Thiago Delegado. Além do decreto proibindo a venda de bebidas em isopores e coolers na capital mineira (posteriormente revogado), aparecem na lista de temas o ataque de antipetistas a Chico Buarque, a tragédia de Mariana e até o despertar do carnaval de BH.

 

 

 

“Já é o quinto ano do concurso, mas sempre pintam algumas surpresas”, conta Delegado, responsável pela direção musical do projeto. Segundo ele, o Concurso de Marchinhas Mestre Jonas reflete o crescimento da folia em Belo Horizonte. “O caráter autoral é uma das coisas mais significativas do nosso carnaval. É isso que perpetua”, acredita.

Não é raro ouvir blocos cantando marchinhas vencedoras de anos anteriores. Baile do Pó Royal (2014), Coxinha da madrasta (2012), Rejeitados de Guarapari (2015) e Imagina na Copa (2013) já fazem parte do cancioneiro carnavalesco de BH.

Este ano, o concurso recebeu 150 inscrições. Responsável pela organização do evento desde a primeira edição, Kuru Lima chama a atenção para a qualidade musical das inscritas. Esta noite, serão avaliados tanto critérios mais técnicos, como harmonia e melodia, quanto a performance dos intérpretes e a resposta do público.

“Marchinha é o retrato irônico e divertido de um determinado momento da sociedade, seja ele político ou comportamental”, observa Kuru. Em resumo: ela tem que ser popular, com refrão que “pega”. “As marchinhas de Belo Horizonte vêm se caracterizando por letras inteligentes e questionadoras. É um modo de questionar sendo brincalhão e jocoso”, acrescenta Thiago Delegado.

PARCERIAS Trata-se, essencialmente, de um gênero musical ligado à amizade e à descontração. Vitor Velloso estava em Fortaleza quando recebeu a ligação de Marcos Frederico com uma ideia. Os dois estavam revoltados com insultos de antipetistas a Chico Buarque na saída de um restaurante na Zona Sul carioca. Bastaram apenas três dias de troca de ideias para a música ficar pronta. “Se encontrar o Chico na rua/ e não tiver nada para fazer/ talvez seja melhor ficar na sua/ ou achar outro saco pra encher”, diz a letra.

Não enche o saco do Chico também foi selecionada para o concurso promovido na Fundição Progresso, no Rio de Janeiro. “O momento político atual é muito intenso. Marchinha sempre teve isso, estamos voltando a fazê-la com autenticidade”, observa Vitor Velloso.

O cantor Marcelo Veronez vai defender a composição de Velloso e Frederico, interpretando a Geni (personagem de Ópera do malandro, de Chico Buarque). “Tudo o que é carnaval é mais leve. Carnaval não tem função, é diversão, alegria e satisfação. Quando você vai cantar e fazer show, é um trabalho. Não que não tenha seriedade, mas não é essa a função. Aí fica tudo mais gostoso”, diz.

O artista plástico Marcelo Xavier participa pela primeira vez do Mestre Jonas. Ele compôs A bela adormecida. “Esse carnaval maravilhoso vem resgatar o espírito que sempre dormiu em Belo Horizonte. Não é que ele não existisse, mas a cidade resgatou a sua alma foliã”, conclui.

Aliás, essa alma foliã vai sambar com força no fim de semana, quando dezenas de blocos vão animar o pré-carnaval em várias regiões de BH.



BAILE DOS ARTISTAS

Tradição da folia de BH, o Baile dos Artistas chega à 29ª edição. A festa reúne atores, diretores, técnicos, músicos e público. Hoje, o baile começa às 22h, no Granfinos (Avenida Brasil, 326, Bairro Santa Efigênia), com ingressos a R$ 30. A atriz Márcia Moreira será a rainha, devidamente “assessorada” pelas princesas Bárbara Lima e Cassia Messeder. Tudo começou quando a produtora Claide Gosling decidiu ir de encontro à fama de BH como “túmulo da folia”. O evento pegou, foi incorporado à agenda da cidade e prosseguiu mesmo depois do falecimento da fundadora, em 2008, graças ao empenho de seus irmãos, Wilson e Clermem. A banda Nossa Roda vai animar o salão.

BANDA MOLE

Em seu 41º desfile, a Banda Mole faz a festa neste sábado, das 13h às 22h, na Avenida Afonso Pena, no Centro (entre as ruas da Bahia e dos Guajajaras). No trio elétrico, vão se revezar os cariocas Afroreggae e Bloconejo e os mineiros Zé da Guiomar e Meu Rei. A tradicional Charanga do Bororó e o grupo Baile do Queixinho também animarão a folia. No ano passado, 40 mil pessoas sambaram na avenida.

>> SEXTA
18h – BLOCO REI – BATUQUE RECICLADO. Rua Coração Eucarístico de Jesus, 284, Coração Eucarístico

>> SÁBADO
8h – SAMBURITIS. Rua Vitório Magnavacca, 11, Buritis
9h – APROVA QUE EU QUERO SAMBAR. Rua Odilon Braga, 797, Anchieta
9h – BLOCÃO PET. Avenida do Contorno, 8.931, Gutierrez
9h – BLOCO MI DÊ PAPAI. Av. Contagem, 720, Santa Inês
10h – BLOCO CSH. Rua Perpétuo Socorro, 755, Ipiranga
10h – DIZ QUE ME AMA, PÔ!. Rua Fernandes Tourino 195, Savassi
11h – BLOCO DEIXA FALAR. Esquina de ruas Aimorés e
Rua Santa Catarina, Lourdes
12h – BLOCO DO GOLO. Rua Vicente Rizola, 832, Santa Inês
12h – BLOCO DA CALIXTO. Rua Rio Grande do Norte, 138, Santa Efigênia. De R$ 20 a R$ 30 (www.sympla.com.br)
12h – BLOCO VEXAME. Praça da Seresta, 200, Santa Amélia
12h – ME BEBE QUE SOU CERVEJEIRO. Rua Grão Pará, 589, Santa Efigênia
12h – RENAFOLIA. Praça Urupês, Renascença
12h – SAGRADA FOLIA. Rua Pitangui, 3.230, Sagrada Família
12h – TÁ MOLE MAS É MEU. Rua Dom Oscar Romero, 174, Nova Gameleira
13h – BLOCO DO BANDO. Rua Paraíba, 281 – Funcionários
13h – BLOCO DO PADRECO. Praça Geraldo Torres, Padre Eustáquio
13h – BLOCO FAZ RAIVA NÃO. Praça Professor Corrêa Neto (Conjunto IAPI), São Cristóvão
14h – BANDULINO. Rua Paraíba, 1.254, Funcionários
14h – BLOCO DA PERUCA. Rua Ernesto Austim, 370, Boa Vista
14h – BLOCO SÃO SILVESTRE. Rua São Silvestre, 54, Sagrada Família
14h – BLOQUINHO. Avenida Cônsul Cadar, 30, Santa Lúcia
14h – NÃO PÕE NO MEU. Praça Leonardo Gutierrez, 10, Gutierrez
15h – BLOCO DO SÔ JÃO. Rua Vicente Rizola, 750, Santa Inês
16h – APAETUCADA. Rua Cristal, 78 , Santa Tereza
16h – BLOCO MAGALHÃES. Avenida Assis Chateaubriand, 1.600, Floresta
16h – ORQUESTRA ROYAL. Rua Paraíba, 845, Savassi
16h – SE JOGA. Rua Caetés, Centro
17h – DALVA FOLIA. Rua Ceará, Funcionários

>> DOMINGO

9h – BLOCO DAS DESLUMBRADAS. Avenida Otacílio Negrão de Lima, 4, Bandeirantes
9h – BLOCO SAMBARREIRO CONCENTRAÇÃO. Rua Pinheiro Chagas, 252, Barreiro
9h30 – BLOCO PÉ DI CHINELO. Rua Jacutinga, 821, Padre Eustáquio
10h – JÂNGALOVE. Avenida Bandeirantes, Praça JK, Sion
10h – PADECENDO NO PARAÍSO. Rua Antônio de Albuquerque, 391, Funcionários
11h – AS VIRGENS DO FORMIGUEIRO QUENTE. Rua Izalina Faustina da Silveira, 180, Mantiqueira
11h30 – BLOCO DO PÃO MOLHADO. Rua Valença, 167, Carlos Prates
12h – BLOCO ALMAS EMPENADAS.
Praça Nossa Senhora da Paz, 341, Planalto
12h – BLOCO BUNDEIRANTES. Praça JK, Sion
12h – BLOCOMUM. Rua Manaus, 348, Santa Efigênia
12h – ME BEBE QUE SOU CERVEJEIRO. Rua Marquês de Valença, 36, Gutierrez
13h – BLOCO BATERIA IMPERADOR E CAVALEIROS DE JORGE. Rua Juiz de Fora, 114, Barro Preto
13h – BLOCO PARQUE JÁ. Praça APA, s/nº, Jardim América
13h – ESTABELEÇA. Rua Monte Alegre, 160, Serra
14h – BEM TE VIU, BEM TE VÊ CONCENTRAÇÃO. Rua Ceará, 1.580, Funcionários
14h – SITRAEMG. Rua Euclides da Cunha, 14, Prado
14h20 – PULA CATRACA!. Praça Carlos Marques (Bernardão), Calafate
15h – BLOCO SWING SAFADO. Rua Gentios, 1.070, Conjunto Santa Maria
16h – VAMOCUMEAGUA. Praça Domingos Gatti, 538, Barreiro
17h – PULA CATRACA!. Avenida Brasil, 41, Santa Efigênia

CONCURSO DE MARCHINHAS MESTRE JONAS

Neste sábado, às 19h. Distrital. Rua Opala, s/nº, Mercado Distrital do Cruzeiro. 1º lote: R$ 40 (inteira) e R$ 20 (meia). 2º lote: R$ 50 (inteira) e R$ 25 (meia). Na portaria: R$ 60 (inteira) e R$ 30 (meia).

VÍDEOS RECOMENDADOS

MAIS SOBRE MÚSICA