Disco que Iggy Pop vai lançar em parceria com Josh Homme segue caminho de Bowie

Em 'Post pop depression', que chega em março, veterano do rock e frontman do Queens of Stone Age dão continuidade aos álbuns 'The idiot' e 'Lust for life'

por Agência Estado 22/01/2016 16:11

INFORMAÇÕES PESSOAIS:

RECOMENDAR PARA:

INFORMAÇÕES PESSOAIS:

CORREÇÃO:

Preencha todos os campos.

Pipocou na quinta-feira, 21, nas redes (após uma matéria no The New York Times), e saiu nesta sexta, 22, em anúncio oficial: Iggy Pop vai lançar um álbum de inéditas  no próximo 18 de março, que conta com composições em parceria com Josh Homme, do Queens of the Stone Age, que também produziu e tocou no disco. O título do álbum é Post pop depression.

A banda (que conta com Dean Fertita, também do Qotsa, e Matt Helders, baterista do Arctic Monkeys) apresentou na noite de quinta-feira, 21, no The Late Show with Stephen Colbert, a canção Gardenia.

 

Iggy e Homme também conversaram com o apresentador sobre a produção do disco. "Eu enviei mensagens de texto para ele", explicou Iggy sobre a aproximação. Eles passaram a se corresponder e então gravaram as canções em três semanas, parte delas em Joshua Tree e parte no estúdio de Homme em Burbank, Califórnia.

Youtube/CBS/Reprodução
Iggy e Josh idealizaram disco em parceria durante troca de mensagens de texto (foto: Youtube/CBS/Reprodução)
"Eu estava me sentindo desafiado, nesse ponto da minha vida, a provar meu valor como um músico, não como um símbolo de alguma coisa", comentou Iggy, 68, ao New York Times.

Josh Homme, do Queens of the Stone Age comentou, ao NYT, que Post pop depression é uma espécie de continuação de The idiot e Lust for life, os dois álbuns clássicos que Iggy produziu com David Bowie nos anos 1970 em Berlim. "Mas sem copiá-los, a direção (a que aqueles discos apontaram) na verdade continua por muitos quilômetros. E quando você continua a avançar, você já não pode mais ver esses discos."

Ainda ao NYT, Homme comentou sua admiração por Iggy. "Ele é o último dos 'únicos'. Isso é uma volta olímpica merecida para um homem que não tem certeza se ganhou. Mas ele venceu. Ele pode ter atravessado muito disso por meio de túneis, mas ele ainda chegou ao destino."

 

 

VÍDEOS RECOMENDADOS

MAIS SOBRE MÚSICA