Rapper Renegado grava clipe com Samuel Rosa no Maletta

Vídeo da música ''Rotina'' contará com dois planos sequências; produção se estendeu por doze horas de trabalho ininterruptos

por Shirley Pacelli 16/01/2016 15:17

INFORMAÇÕES PESSOAIS:

RECOMENDAR PARA:

INFORMAÇÕES PESSOAIS:

CORREÇÃO:

Preencha todos os campos.

Quem conseguiu abandonar o convite irresistível de ficar em casa, proporcionado pela chuva constante deste sábado (16), e deu uma passada no Edifício Arcângelo Maletta, se surpreendeu. Desde às 7 horas da manhã, o rapper Flávio Renegado grava o clipe de Rotina – com Samuel Rosa – no tradicional ponto boêmio e intelectual de Belo Horizonte.

A música faz parte do EP Relatos de um conflito particular, terceiro álbum de estúdio de Flávio Renegado, lançado em outubro de 2015. Cada faixa representa um pecado capital. “Desafio o público a descobrir qual é o do clipe”, provoca, enigmático, o rapper. Rotina é a primeira parceria dele com o vocalista e guitarrista do Skank.

Com direção de Pablo Gomide, da Criatura Estudio, o vídeoclipe é gravado em dois planos sequências simultâneos – as gravações, em determinado ponto, se encontram. Cerca de 70 pessoas estão envolvidas no set, de figurantes a técnicos de luz e som.

Segundo Renegado, os  motivos que o levaram a escolher o Maletta como cenário são inúmeros, mas o principal deles é que o edifício faz parte da história da música mineira. Em outubro, o rapper lançou o clipe em 360º de Só mais um dia, faixa de abertura do EP. Já o vídeo de Redenção, divulgado em dezembro, usou recursos de animação. “Fazer música também é muito visual”, explica o artista.

O segundo andar do Maletta, onde estão sendo gravadas as cenas do clipe, não teve a entrada controlada. “O pessoal vem, pede para tirar foto. Não tem essa caretice de criar áreas restritas. Quero interagir”, destaca Renegado.

Paulo Filgueiras/EM/D.A Press
''Fazer música também é muito visual'', diz Flávio Renegado (foto: Paulo Filgueiras/EM/D.A Press)
Samuel Rosa conta que sempre gostou do trabalho de Renegado, mas o encontro musical ainda não tivera oportunidades. “Espero que isso desague mais para frente em coisas inéditas. Não só participações, mas quem sabe mesmo uma parceria de composição minha e dele”, diz.

O vocalista do Skank ressalta que atravessa momento muito “belo-horizontino". Há um ano lançou a trilha do espetáculo do Grupo Corpo. Logo em seguida, gravou um DVD com Lô Borges no Cine Theatro, que será lançado em março. Sem esquecer ainda do clipe da música Do mesmo jeito, do álbum Velocia (2015), que destaca pontos conhecidos da capital, como o Viaduto Santa Tereza e a Praça da Liberdade.  

“O Maletta é um lugar simbólico da cidade. Não só para as pessoas, mas também para a música”, afirma Samuel Rosa. Ele lembra que no edifício funcionava o bar onde Milton Nascimento tocava e os músicos do Clube da Esquina se encontravam. “É um lugar emblemático para a cidade. Os intelectuais, pensadores, todos se encontraram aqui durante muitos anos”, diz.

Shirley Pacelli/EM/D.A Press
Samuel Rosa e Renegado selam primeira parceria em ''Rotina'' (foto: Shirley Pacelli/EM/D.A Press)
Samuel cita ainda a Cantina do Lucas. “Já vim várias vezes sarar da larica na madrugada”, brinca. Da infância, ele recorda da Aerobel, primeira loja de BH especializada em aeromodelismo. “O Maletta faz muito parte da minha memória”, resume.  


Nilo Zack, grafiteiro reconhecido na cena cultural por seus icônicos palhacinhos espalhados na cidade, também aparece no clipe. Trabalhos do artista fizeram parte da cenografia do palco do DVD de Flávio Renegado, gravado no Parque Municipal, em 2014.

A previsão é que o vídeo de Rotina seja lançado depois do carnaval. 

VÍDEOS RECOMENDADOS

MAIS SOBRE MÚSICA