Festival Interseções abre mais espaço para música autoral em BH

Edição de lançamento traz shows dos grupos Quina e Projeto Manobra

por Daniel Seabra 18/12/2015 17:11

INFORMAÇÕES PESSOAIS:

RECOMENDAR PARA:

INFORMAÇÕES PESSOAIS:

CORREÇÃO:

Preencha todos os campos.
A música autoral ganha mais um aliado em Belo Horizonte. O Festival Interseções apresenta neste sábado, 19, duas bandas da capital, que sobem ao palco para mostrar seus trabalhos próprios. Os grupos Quina e Projeto Manobra ainda terão a companhia do artista La Cruz, que é formado em audiovisual.
Divulgação
Quina apresenta neste sábado show planejado para entrar no circuito em 2016 (foto: Divulgação)
Segundo Thiago Nani, organizador do evento, o objetivo é fazer com que as forças se unam, aumentando a visibilidade de todos e valorizando o trabalho que é feito na música autoral em Belo Horizonte. “A ideia é simples. Somar forças e misturar as ideias proporcionando novos olhares e interseções entre música, desenho, vídeo e público. Desses cruzamentos surgem novas leituras, novas parcerias e o caldo vai engrossando. Todos saem ganhando, público e artistas”, frisa.

O Quina, que além de Thiago na guitarra e voz, conta com Lula Mello (baixo e voz), Jonas Vitor (saxofone) e Mateus Bahiense (bateria), abre a noite com a apresentação do espetáculo de circulação que prepara para 2016. Depois é a vez do rap orgânico e a profusão de timbres do Projeto Manobra, que conta com Anna Lages (pandeiro e voz), Eduardo DW (voz), Gleison Junio (cajón), Heberte Almeida (guitarra e voz), Raíssa Uchôa (baixo e voz), Manu Ranilla (percussão e voz) e Marcos Chagas (cavaco e voz). Eles mostram o show A borda, que traz o repertório das canções do primeiro álbum que está sendo preparado para ser gravado.

Com liberdade e experimentalismo, as ilustrações ao vivo de La Cruz vêm costurando toda a noite trazendo ao público novos olhares e interseções entre música, desenho, vídeo e público. “Para a próxima edição, que ocorre em janeiro, o Quina convida o MC Eazy CDA, um dos maiores nomes do Hip Hop de Belo Horizonte”, adiantou o organizador. O evento será realizado na A Casa (Rua Padre Marinho, 30, Santa Efigênia), às 22h. Ingressos a R$ 15. Mais informações no site.

VÍDEOS RECOMENDADOS

MAIS SOBRE MÚSICA