Baterista do Eagles of Death Metal relembra ataque ''inimaginavel'' em Paris

Pelo Instagram, músico falou sobre o ocorrido e disse estar de luto pelas mortes

25/11/2015 17:42

INFORMAÇÕES PESSOAIS:

RECOMENDAR PARA:

INFORMAÇÕES PESSOAIS:

CORREÇÃO:

Preencha todos os campos.
Quase duas semanas após o atentado terrorista em Paris, que deixou mais de 100 mortos, o baterista da banda Eagles of Death Metal, Julian Dorio, publicou uma mensagem sobre o ataque. Em sua página no Instagram, o músico se sensibilizou com as vítimas e falou, pela primeira vez, sobre os momentos de terror durante o show no Bataclan.

"13 de novembro de 2015. Eu, junto com meus colegas de banda, tive o privilégio de tocar para uma das mais empolgadas multidões de toda turnê quando, próximo ao fim do show, o inimaginável aconteceu", escreveu o músico. "O mal absoluto e desnecessário virou o mundo em nossas cabeças. Estou grato por ter encontrado uma maneira de sair, mas de luto por aqueles que não conseguiram", completou Dorio, citando algumas das vítimas e afirmando que seus "pensamentos estão com suas famílias".

"Eu nunca vou esquecer. Estou mudado para sempre, mas me apegando ao amor que nos rodeia. Conto os dias para conseguirmos terminar o show", finaliza o músico. A banda Eagles of Death Metal, que se apresentava durante o atentado terrorista, publicou no Facebook, na semana passada, um comunicado oficial sobre o ataque. Na ocasião, os membros afirmaram estarem aterrorizados com o ocorrido.

VÍDEOS RECOMENDADOS

MAIS SOBRE MÚSICA