Bianca Gismonti traz a BH show do recém-lançado CD, 'Primeiro céu'

Pianista e compositora se apresenta nesta sexta, em companhia de Julio Falavigna e Antonio Porto

por Shirley Pacelli 06/11/2015 08:00

INFORMAÇÕES PESSOAIS:

RECOMENDAR PARA:

INFORMAÇÕES PESSOAIS:

CORREÇÃO:

Preencha todos os campos.
Daryan Dornelles/Divulgação
Bianca Gismonti planeja para o ano que vem lançamento de DVD e uma turnê europeia (foto: Daryan Dornelles/Divulgação)
A cada novo trabalho, a pianista Bianca Gismonti envereda um pouco mais pelos campos da interpretação. Em seu recém-lançado álbum Primeiro céu, mais composições ganharam letra e voz da artista (e de convidadas). É o show desse disco que a carioca, filha de Egberto Gismonti, apresenta hoje em Belo Horizonte, ao lado do baterista e coprodutor Julio Falavigna, com quem é casada, e do baixista Antonio Porto.


“Com as aulas de canto, comecei a compor e a ter encontro com cantoras de quem gostei muito. Fiz canções em homenagem às que admiro, como Jane Duboc e (a mineira) Paula Santoro”, conta Bianca. Se em Sonhos de nascimento (2013) a artista se inspirou na gestação da amiga e parceira de gravação Cláudia Castelo Branco para compor, a novidade de 2015 celebra o aniversário da sobrinha “emprestada” Marina – que virou também o marco de formação do próprio trio.

O encontro com Julio Falavigna se deu em 2009. Por influência dele, Bianca iniciou suas experiências de arranjos pensando em bateria e baixo. Antônio Porto, por sua vez, era parceiro de Falavigna há mais de 20 anos, com projetos realizados especialmente na Europa. O grupo descobriu que tinha sintonia também no palco.

O primeiro céu de Marina é uma das faixas instrumentais do repertório do show. Além das canções autorais, incluindo duas do CD de estreia, Bianca interpretará seu vigoroso arranjo para Água de beber (Tom Jobim e Vinícius de Moraes). Do pai, ela traz as marcantes Forrobodó e Maracatu.

Bianca conta que a receptividade do novo álbum tem sido bastante positiva e que cada show é único. Em Pelotas (RS), onde ela já havia tocado com Falavigna em meados de 2012, o público fiel a surpreendeu. Em Porto Alegre, ela tocou em um festival de jazz. “Havia vários artistas incríveis e 1,2 mil pessoas assistindo”, conta. No Rio de Janeiro, ela reuniu todos os parceiros do disco, como José Staneck (gaita) e Jessé Sadoc (trompete e flugelhorn).

Em cada cidade, Bianca convida um artista local para participar da apresentação. Nesta noite, o cantor e compositor mineiro de Varginha Sérgio Santos sobe ao palco ao lado do trio. Ele interpretará Pássaros, que traz poemas de Chico César musicados. “Não é só o repertório do disco. É um trio muito coeso, unido no palco, mais as surpresas de participação, que dão um tempero diferente ao show”, resume.

A música esteve naturalmente presente na vida de Bianca desde sempre. Aos 15, ela já tocava com o pai pelos palcos do mundo. Com a pianista Claudia Castelo Branco, criou o duo de pianos Gisbranco que em 10 anos de carreira conta com três CDs lançados. Para 2016, ela planeja o lançamento de um DVD com gravações dos shows e trabalhos de estúdio, além de uma turnê pela Europa.

Bianca Gismonti Trio
Lançamento do CD Primeiro céu – Hoje, às 20h, no Conservatório da UFMG (Av. Afonso Pena, 1.534, Centro, BH). Entrada franca. com distribuição de ingressos uma hora antes do espetáculo. Restrito a um par por pessoa. Capacidade: 220 lugares.(31) 3409-8300. www.ufmg.br/conservatorio

VÍDEOS RECOMENDADOS

MAIS SOBRE MÚSICA