Chimbinha e a nova parceira gravam música no Recife com o autor de (acredite!) 'A Lua Me Traiu'

Artistas afirmam que produzem disco de inéditas da Calypso, apesar de Joelma ter dito que vai impedir o uso do nome da banda

por Marina Simões 05/11/2015 10:26

INFORMAÇÕES PESSOAIS:

RECOMENDAR PARA:

INFORMAÇÕES PESSOAIS:

CORREÇÃO:

Preencha todos os campos.
Reprodução/Instagram
Chimbinha e Thábata Mendes recebem compositores em estúdio no Recife (foto: Reprodução/Instagram)
Chimbinha e Thábata Mendes estão no Recife produzindo um disco de inéditas da Calypso - apesar da disputa com Joelma em torno do nome do grupo. O músico paraense reuniu um time de compositores na noite da última terça-feira, no estúdio Somax, no bairro de São José. Nomes como Beto Caju, Isac Maraial, Marquinhos Maraial, Edu Luppa e Diego Rodrigues devem selecionar as faixas para o novo álbum.

Esses compositores são responsáveis por antigos sucessos da banda Calypso e assinam diversos hits do forró. O sergipano Beto Caju é autor de A lua me traiu, Estrela dourada, Acelerou, Príncipe encantado, Paquera, Brinquedo velho, Solidão já era, Amor sem fim e Viagem louca. Os profissionais também compuseram em parceria as músicas Carta branca (Beto Caju e Marquinhos Maraial), Doce mel (Edu Luppa e Marquinhos Maraial), Isso é Calypso (Marquinhos Maraial e Edu Luppa) e Chá de maracujá (Isac Maraial e Luizinho Lino), entre outras.

De acordo com o músico Diego Rodrigues, da banda Barão de Luxo, o projeto terá faixas românticas e dançantes. "Vem muita surpresa por aí", garante. O CD está sendo produzido por Chimbinha e César, da Sony Music.

Os músicos apresentam o projeto como um álbum inédito da Banda Calypso. Em entrevista, a assessoria da Calypso, liderada por Joelma até dezembro, afirma que a cantora não permitirá que Chimbinha utilize o nome da banda. A partir de 2016, ela seguirá carreira solo como Joelma Calypso e pretende fechar a empresa, da qual é majoritária.

O ex-casal deve se encontrar na próxima segunda-feira, 9 de novembro, no Recife, para assinar a papelada do divórcio e colocar um ponto final no casamento de 18 anos.

A separação
O casamento de Joelma e Chimbinha começou a acabar publicamente a partir de agosto. A cantora acusou o guitarrista com quem viveu 18 anos de tê-la traído. Dias depois, um áudio atribuído a ele vazou na internet, com confissões de uma traição.

Joelma chegou a ser flagrada na delegacia, e uma ordem de restrição judicial impediu o guitarrista de se aproximar da ex-companheira, à exceção dos shows da banda. Nas apresentações, no entanto, a loira externava descontentamento com a situação e fazia de questão de comentar com os fãs a traição sofrida - admitida depois por Chimbinha em entrevista ao Fantástico (Globo). Em um dos shows, ela chegou a ironizar a sugestão de um fã de perdoar o guitarrista, durante a execução da música A lua me traiu. "A lua não trai", afirmou.

Em outro momento, ela se recusou a subir ao palco e só se apresentou depois que Chimbinha deixou o local do show sob ataques dos fãs. O último compromisso de Joelma com a banda será na festa de réveillon de Macapá, no Amapá, no dia 31 de dezembro. Em seguida, ela segue carreira solo como Joelma Calypso. Ele anunciou uma nova parce

VÍDEOS RECOMENDADOS

MAIS SOBRE MÚSICA