'It's a fire': Amy Lee retoma carreira longe do Evanescence com cover de Portishead

Cantora faz tributo a banda que foi ícone do gênero trip hop em ''homenagem caseira''

27/10/2015 20:38

INFORMAÇÕES PESSOAIS:

RECOMENDAR PARA:

INFORMAÇÕES PESSOAIS:

CORREÇÃO:

Preencha todos os campos.

Amy Lee rompeu o hiato de um ano nesta terça-feira, 27, com o lançamento do vídeo de It's a fire. Divulgado pela própria cantora nas redes sociais, o cover da banda inglesa Portishead inaugura um novo canal da artista norte-americana e sinaliza a possibilidade da chegada de material inédito.

 

 

"Essa canção foi uma grande inspiração para mim nos meus anos de formação. Escutei a faixa de novo recentemente, depois de muito tempo, e me apaixonei por ela de novo", escreveu a intérprete no Facebook. It's a fire faz parte de Dummy, álbum de estreia do Portishead que, em 1994, foi um dos principais responsáveis pela popularidade do gênero conhecido como trip hop.

Amy Lee não lançava material solo desde a trilha sonora do filme 'War story', no ano passado; neste período, a cantora do Evanescence deu à luz o primeiro filho
"A letra é muito poderosa, me ajudou a enfrentar tanta coisa. É uma honra poder fazer essa homenagem caseira a um grupo que eu amo há tanto tempo", confessou Amy Lee.

 

Para os fãs, a espera de um álbum de Amy vem desde agosto do ano passado, quando ela assinou a trilha sonora do longa War story. O último disco de inéditas do Evanescence, que leva o nome do grupo, completou quatro anos no começo de outubro.

 



VÍDEOS RECOMENDADOS

MAIS SOBRE MÚSICA