Há dois anos morria Lou Reed, mito de uma geração

Músico morreu vítima de câncer e entrou para a lista das lendas do rock'n'roll

por Correio Braziliense 27/10/2015 12:49

INFORMAÇÕES PESSOAIS:

RECOMENDAR PARA:

INFORMAÇÕES PESSOAIS:

CORREÇÃO:

Preencha todos os campos.

AFP PHOTO / FILES / Greg WOOD
O músico Lou Reed (foto: AFP PHOTO / FILES / Greg WOOD )
Há dois anos, o poeta e a referência do rock Lou Reed morreu. Foi em 27 de outubro de 2013 em Long Island, em Nova York (EUA). Depois de um transplante de fígado, ele foi internado com um quadro de desidratação severa.

Mito de uma geração, foi um dos vocais do The Velvet Underground, influenciando Iggy Pop, New York Dolls e David Bowie. Mais tarde tornou-se uma referência na cena pós-punk inglesa.

Após sua saída do grupo, Reed começou uma carreira solo em 1972. O ponto forte de sua carreira foi Walk on the wild side, mas depois não emplacou o sucesso comercial que parecia ter potencial. Reed era conhecido por sua voz diferenciada, letras poéticas e de cunho social crítico a sociedade como pobreza, entorpecentes e desigualdade social.

Admirador de Edgar Allan Poe, Raymond Chandler e James Joyce, Lou era um leitor e escritor ativo. No Brasil, a editora Companhia das Letras, publicou o livro Atravessar o fogo, que apresenta 310 crônicas, letras e outros escritos de uma figura mais polêmica e influente da música contemporânea.

 

 

VÍDEOS RECOMENDADOS

MAIS SOBRE MÚSICA